Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Iludindo a madrasta


Um certo dia meu pai arrumou uma namorada ,com 42 anos e 4 filhos.Daí levou-a para morar conosco, moravamos eu e ele sozinho, quando ela chegou de cara não nós demos .Mas com o passar do tempo fomos nos falando.Meu pai trabalhava a noite 3 vezes por semana, aí numa dessas assistia novela junto a ela ,ela saiu foi ao quarto e voltou vestida com uma toalha dizendo que iria tomar banho . quando saiu do banheiro eu estava deitado no chão da sala e ela passou bem pertinho de mim e eu olhei e vi mas ela estava de calcinha mas me alterou.Ela percebeu que eu vi o rabo dela ma não disse nada. ela tinha mais ou menos 158cm de altura gorda uns 85kg mas gostosa.
Quando ela sai do quarto de proposito eu entrei no quarto dela peguei a calcinha que ela estava vestida e fui ao banheiro bate um a punheta deixei melhar a calcinha de porra e com a cara mas sinica fui a ela e disse :
tome que você esqueceu no banheiro, ela me olhou mas não me disse nada.
Agora realmente vamos para história , meu pai bebia e quando ele bebia muito ele desmaiava.
Um certo dia isso aconteceu e ela como era evangelica e de interior era um pouco tola , acreditava em tudo que eu falava, e eu disse a ela que meu pai tinha um problema grave do coração e que moreria a qualque momento . Ela não tinha onde cair morta morava lá em casa enquanto as filhas moravam com a irmã dela.
Daí como meu pai dizia que o filho que ele mais gostava era eu ela me bajulava demais. Umcerto dia que meu pai foi trabalhar eu cheguei no quarto dela por volta das 23:00 horas e ela já estava dormindo eu levantei o lençol e a camisola de ela estava sem calcinha eu movimentei as pernas dela para que ficasem abertas com o movimento ela acordou mas quando me viu não levantou, acho que ela pensou que estava sonhando.Daí bate uma ponheta e gazei na bonda de que ficou toda muleda. Pela manhã ela acordou e foi direto para o banho falei para ela bom dia minha boa drasta ! e ela me respondeu normalmente . meu pai só chega va por volta do meio dia e eram umas 80:00 horas. Na hora do café da manhã comecei a contar a grande mentira que faria com que eu tivesse ela todinha .
Disse o seguinte sobre o dinha em que ele desmaiou.
Meu pai colocou o carro e a casa dele tudo em nome ,nada no seu pois ele te conheceu tem pouco tempo , ela ficou perdida mas daí eu disse a ela que era para ela escolher a casa ou o carro que eu o daria a ela , ela se empolgou e escolheu a casa .
Daí eu já passei a ter intimidades com ela que trocava de roupa na minha frente . Na noite seguinte estavamos assistindo a novela e ela me disse que iria dormir e perguntou se eu não iria ,eu levantei e peguei na camizola dela e tirei ,e falei a ela quero fuder você e ela me deu uma resposta incrivél . ela só me pediu para não falar para ninguem porque ela era cristã eu tirei sua roupa e já de pau duru coloquei a boca dela no meu cacete dai chupou a vontade coloquei ela de quatro comi sua buceta depois quando iria meter no cú de ela pediu que não e eu peguei o cinto do meu pai e comecei a espancar ela comi o cu dela apusso . no outro dia pela manhã chamei dois amigos e fui até o quarto de tirei o lençol e ainda estava nua como eu deixei e meu amigos foram para comer ela , e ela reagiu eu comecei a espancar-la novamente e nos 3 comemos ela . E até hoje ela acredita na historia que eu contei como ela toda vez que quero.


Ficha do Conto

Escritor:
Guino

Nome do conto:
Iludindo a madrasta

Codigo do conto:
7253

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
21/02/2006

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA