Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Tesão de nora


Tenho trinta e quatro anos, tenho um filho de dezoito que namora uma garota de 24. Pati é muito bonita, simpática e gostosa aí é que começa essa história. Ela ia dormir com meu filho lá em casa e os dois passavam a noite trepando, ela gemendo como uma cadela...eu comecei a me excitar com a situação, estou separada há tempos e andava numa seca braba...me masturbava ouvindo os gemidos daquela mulher e depois ficava com remorso. Meu filho saia pra trabalhar e aquela vadia ficava andando pela casa só de camiseta...notei que ela andava me olhando demais, as vezes seus olhos se fixavam na minha xota e nos meus peitos mais que o normal, vivia me abraçando mais forte e percebi que nesses abraços ela roçava os seios nos meus...meu deus, minha nora tava dando em cima de mim e eu tava adorando, tentei fugir mas ela provocava cada vez mais. Andava sem calcinha e sentava de pernas abertas, tomava banho de porta aberta...tudo com carinha de anjo, bem disfarçada! Até que um dia no meio do café ela me perguntou na cara dura como eu podia ficar tanto tempo sem sexo, que eu devia provocar os homens na rua pois me achava um tesão...eu disse que era normal, já estava acostumada e ela na cara dura tirou a camiseta e me exibiu os peitões gostosos, beliscando os proprios bicos revirou os olhoe e disse que ela não conseguia sobreviver sem uma mamada gostosa, que meu filho tinha deixado a desejar aquela noite e que ela tava louca pra me dar de mamar...eu fiquei vermelha e antes que eu pudesse esboçar qualquer reação ela levantou e esfregou aquelas delícias na minha cara. Não resisti e passeia a língua, lambi muito os bicos, ela se mexia muito e esfregava na minha cara pedindo pra eu chupar, dizia chupa sogrinha gostosa, chupa tua norinha tesuda vai, mama nesses peitões...eu fiquei louca e mamei mesmo, já fui tirando minha camisola e esfreguei meus peitos nos dela, ela gemia e descia e lambia os meus também, que tesão de norinha...mamava muito gostoso, chupava os bicos com força eu tava quase gosando só com aquela mamada...aí fomos pro sofá da sala, ela me colocou sentada, arregaçou minhas pernas e disse, nossa, sogrinha que bucetão! Minha xota é grande mesmo e ela lambeu tudo, mamou forte no grelo, eu puxava aquela puta pelos cabelos e implorava pra ela mamar mais...isso, vai nora filha da puta, faz tua sogra gozar...e empurrava aquela carinha de anjo contra o meu bucetão, ela dizia delícia de buceta, goza sogra vadia que eu quero chupar teu gozo, bucetuda vadia, tarada...não resisti, rebolei muito e gozei na cara da minha nora putinha! Ela lambeu tudo, se deliciando e dizendo q minha xota era tesuda, que meu bucetão era gostoso e que meu grelão deixava ela mais putinha...e foi me empurrando pro chão e sentando na minha cara, fiz como ela, lambi e mamei no grelo até ela gozar pra mim! Aquela bucetinha na minha cara me deixou acesa, tinha um grelinho pontudinho e pequeninho, chupei com força, enquanto enfiava meus dedos dentro daquela rachinha deliciosa...minha norinha gozou como louca e eu tomei todo o caldinho! Depois ficamos nos beijando no chão da sala, até q encaixamos uma xota na outra e fizemos uma deliciosa guerra de aranha, esfregando uma na outra, ao mesmo tempo em que nos acariciavamos os seios, até não aguentarmos mais e explodirmos num gozo tremendo...que delícia, minha bucetona tá encharcada só de lembrar a primeira foda com minha norinha vadia! Foi assim que iniciamos um caso secreto, cheio de tesão e culpa que durou mais ou menos um ano, até que o namoro dela com meu filho acabou e nosso tesão esfriou!
Que pena, agoro procuro gatinhas para um novo relacionamento
Até
Ana


Ficha do Conto

Escritor:
rela800679

Nome do conto:
Tesão de nora

Codigo do conto:
7344

Categoria:
Lésbicas

Data do Envio:
05/03/2006

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA