Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





VALORIZA O QUE É SEU...


Somos um casal,eu com 45 anos,bem conservado,e minha esposa 39 anos,muito bonita de rosto,e com um corpo muito bom para a sua idade.Loura,1,65m e com 53k.Apesar de discreta, é o tipo de mulher que sempre chama a atenção por onde passa.Sempre passou a imagem de mulher fiel,e eu ,como a maioria dos homens,depois de 20 anos de casamento relaxa e começa a procurar fora de casa uns bicos e deixa sua esposa muitas vezes na vontade,apesar delas ocultarem este fato.Tudo começou quando um amigo de faculdade pediu para hospedar seu filho,o PAULINHO,durante o período de vestibular em nossa casa.Como estávamos sós,pois nosso filho esta viajando num intercâmbio,tivemos o maior prazer em recebê-lo.Da última vez que havíamos visto o PAULINHO,ele era um garoto franzino,com belas feições.Porém quando PAULINHO chegou a nossa casa,tomamos um susto.Ele havia se transformado em um rapaz muito bonito,moreno,cabelos lisos e um lindo par de olhos azuis.O corpo bem malhado de academia,com uma barriga tipo tanquinho.Resolvemos deixá-lo bem a vontade,oferecemos para ele o quarto de nosso filho,que tem mais ou menos a idade dele.PAULINHO logo se sentiu bem a vontade,e circulava pela casa só de bermuda,sempre exibindo aquele belo corpo.Notei que minha esposa o observava de forma discreta e aquilo começou a me dispertar um certo ciúme.Comentei com ela que iria pedir a ele que não circulasse assim pela casa,mas minha esposa disse que deveríamos deixá-lo se sentir bem a vontade,que não deveria fazer isto.Só sei que passando os dias o ciúme foi aumentando,até que quando ele recebeu o telefonema de um amigo da sua cidade,curiosamente,peguei a extenção e ouvi o assunto dos dois.Em determinado momento ele comentou ao amigo que a "mulher do seu tio" era um tesão.E que ele até já havia soltado umas indiretas para o lado dela,e que apesar de não ter sinalizado que sim,não havia recebido uma negativa convincente.Pensei como estava carregando aquela relação,e que poderia terminá-la de forma a sair por cima,diante dos amigos e familiares,como o pobre coitado que foi chifrado.Criei então a situação ideal para que ocorresse a traição.Comuniquei a minha mulher que faria uma viagem de negócios,e que retornaria somente de madrugada,ou no dia seguinte.Saí de manhã normalmente,e depois do almoço,horário que minha esposa trabalha e que sabia não ter ninguém em casa,retornei,peguei a filmadora,e fui para dentro do armário do nosso quarto,e fiquei lá por um bom tempo.Ouvi quando o PAULINHO chegou,tomou o seu banho, e ficou no seu quarto estudando.Ele cantava ,assobiava e eu de onde estava podia ouvir tudo claramente,pois o quarto fica ao lado.Por volta das 18:00hs,minha esposa chegou,parou na porta do quarto do PAULINHO e fez aquelas perguntas de mãe.Como tinha sido o dia e outras bobagens.Quando ela mencionou que iria tomar um banho,pois estava cansada e suada do trabalho,o PAULINHO entrou de sola e foi logo perguntando se ela queria companhia no banho.Ela sorriu negativamente e disse com um sorriso para ele parar com estas brincadeiras.Ele insistiu alegando que faria uma massagem nas suas costas(que é o ponto fraco dela).Ela falou que ficaria muito feliz,mas rindo disse que isto não seria certo.Deixou ele insistindo mais um pouco ,pegou seu roupão e foi para o banheiro.Eu já espiava pela greta do armário ela entrar no quarto e entrar no banheiro da suíte.Logo depois que o chuveiro ligou,PAULINHO veio até quarto,e tentou virar a maçaneta,bem lentamente,mas a porta estava trancada,e ele retornou ao seu quarto.Ainda ficou impaciente,circulando pela porta do quarto.Até que depois de um bom tempo ela saiu do banho,ainda com os cabelos molhados,e exalando um perfume delicioso(eu não conhecia).Foi quando PAULINHO chegou até a porta do quarto e se ofereceu para lhe fazer uma massagem.Achei que ela iria negar mais uma vez,mas para minha surpresa,ela disse que seria ótimo,e deitou de costas na nossa cama.PAULINHO sentou sobre as suas costas e começou a massageá-la.Ela começou a relaxar,e o PAULINHO só de bermuda,já dava para ver o volume que se formava debaixo da sua bermuda.Ele começou a baixar o roupão nas suas costas,e eu já não me aguentava mais de ciúmes,mas ao mesmo tempo aquilo estava me deixando extremamente excitado.Em seguida começou a massagear os seus pés(outro ponto fraco),e foi subindo pela suas pernas até tocar sua bucetinha que a esta altura já devia estar meladinha.Ela levantou a bunda para ele para que ele pudesse beijá-la melhor,e ele nem pensou duas vezes,começou a chupá-la.Ela se contorcia toda na cama,gemia de forma alucinada,eu conseguia ver apenas alguns momentos,já que a greta do armário era pequena,e dependendo da posição deles na cama eu não conseguia enxergar.Até que ela virou e tirou a bermuda do PAULINHO,que para piorar,tinha um pau maior que o meu.Começou a chupá-lo e eles começaram a fazer um 69.Eu já não sabia o que me afetava mais,minha revolta pela traição ,ou o tesão de ver o quanto que a minha mulher ainda tem de fogo para queimar,e é gostosa.Depois de um longo 69,ele botou ela de quatro, e começou a bombar dentro da sua buceta feito um cachorrinho tarado.Ela gemia,gritava e eu não me aguentava mais de tesão com seus gritos.Ela mencionava que nunca tinha me traído,mas que desta vez a carne foi fraca,pois PAULINHO era um tesão.E gritava que queria mais até não aguentar e soltar um grito de gozo que a muito não ouvia.Ele pelo jeito não resistiu e gozou praticamente junto com ela.Ficaram mais um tempo se beijando na cama,falando da loucura que haviam feito,mas que não se arrependiam.Depois entraram para tomar um banho junto.Me aproveitei deste momento para sair do armário,e de casa e esfriar minha cabeça e ver qual atitude deveria tomar.Andei desorientado por uma meia hora pela rua.Enfim retornei,toquei o interfone,e perguntei se precisava que comprasse pão para o café.Ela me atendeu,disse que sim,talvez para ganhar mais tempo para se ajeitar.Fui a padaria,retornei ainda meio que abobalhado,sem saber o que fazer.Abrir o jogo e perder aquela mulher que cometera aquele deslize,e que eu agora redescobrira o quanto sabe fazer as coisas,ou me calar e viver com ela depois do acontecido.Quando cheguei ela me perguntou porque me adiantei,brinquei que era para não deixá-la a sós com o PAULINHO,e ela vacilasse.Ela me respondeu que não me trocaria por nenhum garotão bonito.Disse então que adiantei o serviço,e por isto retornei mais cedo.Notei que ficarm bem surpresos com meu retorno antecipado.O PAULINHO ficou o resto do vestibular,mas não o deixei mais a sós com ela,e não sei se infelizmente,ou felizmente,ele não passou no vestibular,e retornou para sua cidade.Depois disso toda vez que penso em pular a cerca,vejo a fita,que por sinal ficou péssima,mas me desperta um tesão e parto para cima dela com uma vontade,que acho que nem outro PAULINHO fará ela vacilar de novo.               


Ficha do Conto

Escritor:
rela246358

Nome do conto:
VALORIZA O QUE É SEU...

Codigo do conto:
7362

Categoria:
Heterosexual

Data do Envio:
07/03/2006

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
7114 AS CRENTES É QUE SÃO QUENTES Heterosexual 0
7315 Mudança Sensacional Heterosexual 0
7331 APRENDENDO A VALORIZAR O QUE É NOSSO... Traição/Corno 0
7426 QUE REENCONTRO,E ELA BEM COROA Heterosexual 0
7474 A EMPREGADA DA VIZINHA... Heterosexual 0
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA