Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Como me atolei na xotinha de minha filha


Olá para todos, agora voltei para narrar como foi que eu atolei meu pau na xotinha da minha filha, quem já leu meu outro relato que intitulei "Tirei as pregas de minha filha", vai saber que fiquei louco de tesão por ela depois que comi o rabinho dela, pois bem, passado aqueles dias, uns meses depois o relacionamento entre minha esposa que andava mal já há algum tempo piorou e então ela foi para a casa da mãe dela, e as crianças ficaram comigo até que pudessem terminar o ano letivo, e então ajeitar tudo para nos separarnos, foi num dia desses que eu estava vendo umas fotos que possuo e encontrei umas fotos que eu havia tirado no dia em que eu comi o rabinho de minha filha, fiquei muito exitado lembrando do quanto o cuzinho dela era apertado, mas como eu tinha prometido pra mim mesmo que nunca mais ia acontecer, tentei esquecer, já era de madrugada quando resolvi ir tomar banho e então, comecei a lembrar e acabei ficando de pau duro, e fiquei vendo na minha imaginação aquela bundinha empinada para mim e eu socando nela, meu deus, fiquei muito louco bati uma senhora punheta, dai me veio a ideia de ir no quarto dela dar uma sarrada nela mas sem fazer nada, pensei e acabei indo bem devagar até o quarto dela e o que foi que eu encontrei lá, imaginem, a noite estava quente, e ela estava dormindo com a janela aberta e entrava uma luz atraves da cortina, e como a cama dela esta de lado com a janela, a luz batia bem em cima da bundinha dela, ela estava com uma camisolinha que tinha posto para dormir e que mal escondia a calcinha dela, que por sinal estava atoladinha na bundinha, como tava calor ela dormia com lençol, e durante o sono tinha o lencol tinha caido de lado e a camisola tinha subido, eu que já tava de pau duro só pensando, fiquei louco quando vi ao vivo, subi na cama dela, que é uma cama de casal e devagarzinho afastei as pernas dela, acho que ela acordou nesse momento, pois vi que ela deu uma travada nas pernas, esperei um pouco como ela fez menção de ficar de olhos fechados fingindo afastei um pouco mais as pernas dela e então comecei a tirar a calcinha, tirei com cuidado colaborando com o fingimento dela, fazendo de conta que eu achava que ela estava dormindo, ela de vez em quando dava uma mechidinha para evitar que eu tirasse sua calcinha, e eu parava, até que consegui, ela então ficou quietinha quando viu que eu havia tirado, eu dei uma forçadinha nas pernas dela para o lado e dai peguei uma das almofada que ela tinha no quarto e coloquei com cuidado embaixo da barriguinha dela, deixando a bundinha dela empinadinha, e xotinha dela esposta do jeito que eu queria para facilitar o meu intento, que naquele momento era chupar aquela xotinha e depois sarrar ela ate eu gozar, e foi o que fiz, comecei a chupar aquela xotinha, ela ficou quietinha, mas depois eu vi que ela dava uma mechidinha como se estivesse gostando eu fiquei uns quinze minutos chupandinho aquele grelinho, delicioso e com apenas uma leve penungenzinha nascendo, e vi quando ela começou a arfar e possivelmente teve um orgasmo poi seu rabinho começou a piscar e a xotinha ficou quente ficou pulsando enquanto eu passava a lingua, dai eu me coloquei entre as pernas dela e passei a esfregar meu pau entre o reguinho dela indo da xontinha até o final do reguinho, aquilo foi me deixando louco, e então posicionei meu pau na entrada da xotinha dela e comecei a friccionar a cabeça no grelinho dela e meio que forçando a entrada da xotinha, foi quando ela deve ter se assustado e deu uma empinadinha na bunda a mais, e senti que meu pau entrou um pouquinho vi ela dar um gritinho de ai, e dai acabei perdendo a cabeça, segurei ela na cintura e então empurrei meu pau senti a xotinha dela envolta da cabeça do meu fazendo força para empurrar ele para fora, quando encostei no cabacinho dela, dei uma parada e fiquei bombandinho tava louco, vi que ela relachou e empurrei o pau até a metade, ela deu um gritinho, e eu parei, ela tentou tirar meu pau de dentro eu segurei e mandei ela ficar quieta, dai ela começou a choramingar dizendo que estava doendo e que não queria ficar gravida pois eu estava comendo ela sem camisinha, eu tranquilezei ela e disse que iria gozar fora e que era para ela se acalmar que já ia parar de doer, depois de um tempo vi que ela se acalmou e empurrei o pau até que senti que encostei meu corpo no dela, era muito apertado até senti que eu tinha me machucado para entrar nela, dei um tempinho e comecei a bombar nela, ela ficou quientinha eu dei uma acelerada, e cada vez que eu tirava sentia a xotinha dela apertando meu pau, e quando entrava sentia a resistencia para entrar de novo que delicia foi tirar o cabacinho dela, quando estava para goazar tirei meu pau, e esporrei nas costas dela esperei dar uma recuperada, peguei a toalha dela e limpei ela e sai do quarto, de manhã ela apenas me deu uma olhada de reprovação, mas depois veio conversar normalmente, depois disso eu acabei comendo ela dentro da piscina, na praia enquanto ela tomava um sol, dei uma afastadinha no biquini e mandei ver, e outras situações que aconteceram que uma outra opurtunidade vou relatar, agora já faz algum tempo mais que não nos vemos, mas tenho certeza que não faltara oportunidade.


Ficha do Conto

Escritor:
paizaop

Nome do conto:
Como me atolei na xotinha de minha filha

Codigo do conto:
7773

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
18/04/2006

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA