Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Exibi a Esposa e vi ela sendo Currada


Meu nome e Rodrigo tenho 31 anos moro em Curitiba e sou casado a 13 anos com a Tais, uma mulher de 32 anos que faz caminhadas todos os dias para manter a forma , pôr falar em formas vou tentar descreve-la um pouco para vocês terem idéia de como ela é, baixinha, tem 1,64 metros de altura e seus 56 quilos bem distribuídos pelo seu corpo, tem a pele bem branquinha, tem cabelos cacheados compridos ate na altura de um palmo abaixo dos ombros, na cor natural de castanho claro, mas sempre gostou de tingi-los de ruivo, para ficar assim estilo mulher fatal, rsss. Não gosta muito dos seios pois eles são pequenos, em compensação aos seios pequenos, “Deus” , caprichou em uma parte do seu corpo, colocou tudo na sua bunda que é muito linda, bem redondinha , formosa, empinadinha , cheinha, cheirosa , gulosa e bem volumosa daquelas que chamam atenção tanto de homens como de mulheres enfim a tal da “bunda gostosa” , onde eu vou com ela da para sentir os olhos dos homens secando, ficam olhando com os olhos fixos , para bunda da minha esposa.
No dia em questão pedi para ela usar uma calca de lycra branca, ela adora quando eu peco para ela vestir assim “para matar”, ela já entende o recado e sabe que eu vou dar uma desfilada com ela em algum lugar publico so para exibi-la. A calca dela foi comprada com 2 números menores que o dela, da para imaginar como fica no corpo dela a tal calca, simplesmente fica um TESAO pois como o tecido de lycra se estica bastante então a calca dela assumi toda a forma do corpo, por completo da a nítida impressão que a Tais esta assim como uma Segunda pele, em todos os seus detalhes, na frente por causa da costura da calca forma um capozinho de fusca onde da para ver a xaninha dividida ao meio, da para notar na frente aqueles dois estufadinhos da bucetinha inchadinha que ela tem , bem divida no meio , e na bunda, isso fica a 8 maravilha do mundo pois a bunda da Tais e do tipo a bunda gulosa , daquelas que a mulher vesti qualquer coisa pronto já entra no rego da bunda, imagine então ela colocando uma calca de lycra com 2 números menores que o dela, o tecido da calca entra toda na bunda , fica socada na bunda se perdendo toda dentro do rego da bunda dela, eu falo que ela esta vestida a vácuo, e quando entra na bunda ai o tecido da calca fica esticado ao máximo e fica praticamente transparente. Lógico quando pedi para ela vestir esta calca , a safada já vestiu também uma calcinha branca socadissima que entra bem no fundo do rego da bunda, ela fala que as vezes ate machuca o cuzinho de tão socada que fica, ela escolhe a calcinha branca só para dar maior contraste com a calca branca, e da para ver toda a calcinha enfiada através do tecido da calca. Para finalizar ela vestiu uma camisetinha azul, e tamanquinhos de saltinho bem alto de madeira com tiras brancas, para que ela ficar toda empinadinha . Estava pronta ,que tesão , de babar quase gozei só de olhar ela assim, ela me perguntou se não estava exagerado pois ela estava se sentindo como uma puta.
Levei ela para um mercadao de automóveis, vcs sabem como e sempre cheio de gente uma loucura parei o carro na rua, e com a ajuda de um franelinha achei uma vaga terrível de entrar, pedi para TAIS descer do carro pois o espaço era tão pequeno que ela não ia conseguir abrir a porta para sair, quando ela desceu do carro toda jeitosa o franelinha chegou a engolir em seco , ficou de boca aberta e os olhos arregalados passeando pôr todo o corpo dela veio desde os pés ate a cabeça e parou na bunda, estava com os olhos cravados na bunda da TAIS, não estava nem ai para minha presença olhava na maior cara de pau, do carro eu Tb olhei bem para ela e realmente achei que ela ate tinha razão sobre o fato de talvez termos exagerado, parecia uma puta mesmo, parecia que estava sem calca de tão apertada não parecia calca parecia a pele dela mesmo e ainda que estava mais transparente que la em casa acho que pôr causa da luz do sol , agora dava para ver o quanto era transparente mesmo, mas fazer oque já estávamos la mesmo. e ela não tinha se visto ainda no sol rss O cara estava assim com os olhos tarados nela, acho que nunca viu uma bunda tão boa de tão perto assim , estava a 1 metro dele. Fiz um pouco de tempo fingindo que estava com dificuldades de estacionar e o cara nem ai ficou ali olhando parecia um retardado olhava para bunda e para cara da TAIS. Bem parei o carro desci e pedi para ele cuidar do carro, ele rindo falou que eu poderia ficar tranqüilo. Fui andando com de braço dado com a TAIS, ela mais do que safada olhou para trás sem virar o corpo só a cabeça e deu tchauzinho para o cara , e continuou andando e rebolando gostoso. Entramos no grande pátio dos carros , pôr onde passávamos os caras paravam de conversar, se cutucavam apontavam com a cabeça , mas todos ficavam olhando ela passando , lógico sempre rebolando bastante as mulheres olhavam com cara de reprovação para ela , passeamos bastante e quando estávamos indo embora ela quis olhar um opalao SS amarelo, falando que era igualzinho a carro que sua mãe teve , quando chegamos perto do carro, um velhao, o dono do carro de uns 65 anos , deixou de atender um outro velhao que estava olhando o carro para ir atender a TAIS eu parei do lado e fiquei só olhando, ele parecia hipnotizado pôr ela não parava com os olhos que se arregalou quando viu a bucetinha dela chegou a gaguejar quando falou , ai ela toda exibida foi andando ate o carro, sempre com o velho do lado e falando sobre o carro para ela, quando outros caras que passavam viram ela andando ao lado do velhao já pararam ficaram bem na minha frente e atras da TAIS, agora tinha o velhao ao lado dela la no carro e mais 4 caras olhando, ficaram a uns 3 metros bem atras dela, eu estava uns 2metros atras destes caras só olhando e escutando oque falavam, foi quando eu vi ela ir se abaixando bem devagar para ver o painel do carro, foi se abaixando da forma mais sexy que eu vi ela fazer, estava de costas, com a bunda virada para nos, e sem tirar os pés , nem dobrando os joelhos e empinando bem a bundona, foi se enclinando para frente para se apoiar no assento do banco do motorista, ai foi a cena mais excitante que eu vi, a bunda dela foi se abrindo e esticando ainda mais o tecido da calca e ficou totalmente transparente a calcinha que vc já via através da calca agora era totalmente visível dava para ver tudo , conforme a bunda dela ia se abrindo, mais o tecido ficava transparente, agora não era só visível a calcinha entrando na bunda, agora já era visível o tecido da calcinha que estava socado no fundo do rego da bunda, bem la dentro encostado no Cu, dava para ver nitidamente que o tecido da calcinha que era fio dental não escondia totalmente o cuzinho dava para notar a bordinha do cuzinho escurinho, o velhao deu um passo para trás e ficou se deliciando com a visão do rabo da minha esposa, os caras na minha frente comentavam sobre o rabo da TAIS, falavam coisa deliciosas de ouvir, chamando ela de puta, safada, cuzuda, rabuda, bunduda e não paravam de achar elogios para a bunda dela. Quando ela se virou para trás , lógico só virou a cabeça e me chamou os caras deram uma disfarçada e ficaram meio assim, mas não se afastaram ficaram ali olhando, e ela não saia da posição dela, fui andando e entrei no carro me sentando no banco do passageiro , e ela ali na mesma posição, acho que os caras notaram que eu não iria me opor para que eles olhassem , pois como sentei ao lado dela e ela nem se mexeu continuou mostrando a bunda para eles, ficaram por ali e se aproximaram ainda mais do carro ficando bem atras da tais a um metro de distancia, via eles rindo , lambendo os lábios e com os olhos pregados na bunda da TAIS, agora não estavam nem ai , olhavam na maior cara de pau. O velhao chegou no meu lado da porta e me fez uma proposta:
-Olha cara não conheço vc e espero que vc não se ofenda, mas vc tem uma esposa muito linda, me desculpe, muito gostosa mesmo. E por isso eu e meus amigos ali resolvemos fazer esta proposta para vc, deixe a gente comer ela dentro do carro e este carro e de vcs. Perguntei que amigos? , ele me apontou um bando de velhoes que estavam num estande das travas carneiros alugando as promotoras de vendas. Tinha uns 5 velhos, deveriam Ter entre 60 e 75 anos. Olhei para Tais ela agora já estava sentada dentro do carro e ficava fazendo NÃO com a cabeça. Olhei para ele e falei , tudo bem mas aonde. O cara não cabia sorriso na cara e falou vamos la na minha oficina. Falei tudo bem só deixe eu conversar um pouquinho com a minha esposa, ele falou tudo bem converse com ela, ai olhou ela bem nos olhos e falou:
-Ai gostosa não vejo a hora de comer esta bundona gostosa . E se levantou e ficou esperando , falei e falei , prometi que não iam fazer nada que ela não queria que fizesse, ai tudo bem sai do carro e falei tudo bem podemos ir, ele ficou rindo e foi ate o lado do motorista e pediu para ela acompanhar ele para chamar o amigos dele, e eu já poderia ir no carro “novo” seguindo eles. Fiquei olhando eles se afastando agora o velhao já segurava na mão da TAIS e foram ao encontro dos amigos dele, quando chegaram os caras ficaram olhando para ela ai ela falou algo para eles que riram gostoso, eles estavam voltando para o carro a minha esposa na frente andando devagarinho e rebolando gostoso e os 6 velhoes atras dela rindo e se deliciando com o andar dela, ela entrou no banco de trás junto como o velhao , e fui indo para o tal oficina, e os amigos deles atras de nos em um corcel II verde.
Chegamos, a oficina era um pau velho uma porta de madeira que so podia ser do século passado, tudo era velho, ai parei o opalao na garagem e entrou o corcel dos amigos dele atras, a tais ficou no carro saímos nos cumprimentamos eles falaram que a minha esposa era muito gostosa que ela tinha um rabo muito gostoso, agora falavam abertamente sem discrição alguma. Ai o velhao foi ate o carro abriu a porta e mandou ela descer. A TAIS saiu do carro meio tímida, o velhao mandou ela dar uma desfilada para nos e deu um tapao na bunda dela, quando ela me viu rindo do tapao, ai ela veio andando em nossa direção toda rebolativa, e o velhao atras dela vinha passando a mão na bunda da minha esposa, outro cara falou para parar e virar de bunda , A TAIS parou e se virou de costas para nos mostrando a bunda, sempre com o velhao passando a mão por toda a bunda, os outros falavam nossa que rabo que tem a sua mulher cara como vc casou com uma puta bunduda desta cara que tesão de rabão, mandaram ela se fazer como ela fez la no mercado do automóvel, ai ela foi ate o carro e se enclinou novamente abrindo a bunda denovo, ai eles foram chegando perto dela e falaram que ela era muito safada e merecia apanhar na bunda ai o velhao foi o primeiro deu um tapao novamente na bunda da TAIS, e os outros chegavam e davam tapas tb na bunda , a calca dela já estava ficando suja manchada de oleo e graxa na bunda , eu fui chegando perto para ver mais de perto e já vejo a Tais chupando o pau de um deles que estava sentado no bando do lado , e ela chupando o pau dele enquanto apanhava na bunda dos outros 5, o cara de dentro segura forte pelos cabelos dela e puxa ela para dentro do carro ela, agora estava de 4 no banco do motorista chupando o pau do cara do lado e com a bunda agora toda suja bem empinada os 5 caras que estavam fora do carro, tarados ficaram de joelhos e ficavam se revesando em quem ia ficar com a cara enfiada na bunda da minha esposa e ela ficava rebolando na cara deles ai foram abaixando a calca dela, deu para ver o tecido da calca vir la de dentro do rego da bunda dela e eles sempre xingando ela, quando viram a calcinha dela falavam:
- isso que e puta veja so a calcinha dessa puta. E davam mais tapas a bunda dela já estava
bem vermelha e ficando tb suja de graxa, ai os caras pareciam cachorros atras da bunda dela lambendo e chupando se empurrando para ver quem lambia mais e mais o cu da TAis. o cara de dentro do carro esticou o braco por cima das costas da Tais e abriu a bunda dela com as 2 maos arreganhando bem a bundona dela que deixou ainda mais exposto o cusinho que com a abertura engoliu um pedaco da calcinha para dentro do cu, quanfo viram isso ate gemeram e um deles empurrou com o dedo a calcinha mais para dentro do cu da Tais

um deles pegou graxa mesmo, graxa de motor e passou bem no cu dela , e o outro trocou de lugar com o cara que estava sendo chupado , este falou que não queri agozar ainda, pois ele vai querer gozar na bunda da TAIS, ela falou que o combinado não era gozar dentro e muito menos que ela ia dar sem camisinha, eles todos riram e falaram, nossa com uma gostosa dessa nos não vamos usar camisinha coisa nenhuma, nos vamos e socar o pau dentro desta bunda e gozar bem la no fundo, ai eu fui tirar a Tais de dentro do carro e um deles puxou uma arma e falou podemos fazer numa boa e todo mundo vai curtir ou podemos fazer numa encrenca. Todos estavam me olhando, ai eu falei não tudo bem entao não queremos encrenca, ai riram e falaram e isso ai amigao e voltaram para cima da minha esposa, o que me apontou a arma me chamou e me mandou abrir bem a bunda da minha esposa pois ele vai ser o primeiro a socar o pau no cu da TAIS, fui la e abri a bunda dela com as maos, ele dava tapas na bunda dela e falava abre mais, abre mais a Tais já estava gemendo talvez de dor não podia saber pois o cara que ela estava chupando não largava os cabelos dela e segurava o pau enfiado no boca dela, a Bunda da TAIS estava já totalmente arreganhada ao ponto de deformar o cuzinho dela, ai o cara enfiou aquele dedo todo sujo no rabo da minha esposa ficou girando com o dedo brincando com a bunda dela e dava tapas na bunda e falava abre mais abre mais rasga esta bunda para mim vai, se posisionou atras dela apontou o pau no cu encostou a cabeca do pau dele bem na portinha do cu que a esta hora já estava piscando, e foi entrando devagar , firme mas devagar sem parar e eu vi o pau dele ir sumindo sendo engolido cu adentro a tais gemia cada vez mais o cara que ela chupava falava nossa agora que ela esta chupando com gosto, esta puta gosta e de tomar na bunda, vai soca , fode o rabo desta puta que ela adora, o cara que comia o cu da TAIS ia na dele entrando e saindo devagarinho dava para ver bem o pau ir deslizando para dentro e para fora, ate que ele comecou a socar e socar com mais e mais forca agora ele já socava com tudo na bunda da TAIS que não conseguia nem gritar so gemia bem alto, o cara que estava sendo chupado gritava vou gozar vou gozar, toma sua puta toma minha porra toda e gozou segurando ela pelos cabelos com forca , o cara de tras quando escutou isto não aguentou e tambem gritava vou gozar no cu mais gostoso que eu já comi na vida, dava tapas e me mandava abrir a bunda dela, e gozou , a gozada era visivel pois o cara não parava de socar e tirava todo o pau e enfiava novamente ai deu para ver o filete de porra espirar do pau e atingindo bem no meio do cu e logo em seguida o pau entrando e empurrando toda porra que espirou na portinha do cu para dentro da bunda da TAIS, o cara estava mole ainda quando o amigo dele deu um puxao nele e os outros ficaram no empurra empurra para ver quem se posicionava atras da bunda da minha esposa, ate que um deles foi abrindo caminho entre eles e entrou com tudo foi fundo o pau deslizou gostoso para dentro do rabo esporrado e eu ali abrindo a bunda dela. o cara aparecia um demente socava e socava , bem rapido , com raiva , tirava o pau e cuspia no cu , tirava e enfiava os dedos ai socava o pau novamente, o primeiro que tinha gozado na bunda da minha esposa estava com a cabeca do pau meio manchado de merda que ele arrancou la do fundo do cu da TAIS, ele viu o pau dele sujo, riu e falou nossa cara arranquei ate merda desta bunda gostosa, ai ele foi la no banco no passageiro ao lado da TAIS, deu um tapinha na cara dela e mandou vai sua puta safada, bunduda do infernos limpa meu pau vai , limpa o pau que arrancou merda do seu cu delicioso, olhei para dentro e tive certeza que ela estava gostando pois ela já estava com a boquinha aberta parada esperando ele mirar a cabeca do pau melecado bem na boca e ela ali com a boca aberta e paradinha, o cara foi enfiando o pau na boca , vi a cabeca melecada ir entrando na boca da TAIS e foi sumindo o pau foi indo e indo ate encostar la na garganta ai ela fechou a boca em torno do pau do cara, o cara fechava os olhos e segurava ela pelos cabelos mantendo o pau cravado na boca dela. Agora o demente que socava na bunda já estava pronto para gozar , empurrou tudo cu a dentro e descarregou a porra , urrava como um bicho parecia que estava louco, a bunda da TAIS ate tremia como uma gelatina com o tranco que ele fazia na socada,enquanto isso o cara de dentro estava gemendo e falando que ia gozar denovo na boca da minha esposa que nunca ninguem chupou ele assim que a minha esposa era puta completa , ate que não aguentando mais ele gritou, vai puta chupa engole esta porra vai cadela engole, e ai a TAIS deu umas chupadas barulhestas bem estaladas e foi engolindo a porra que o cara soltava na boca , e nisso o demente tambem descarregava a porra bem la no fundo do cu a TAIS que ficava rebolando aquela bunda safada bem gostoso. Pronto este também mal terminou de gozar o outro já estava pronto mas este queria comer ela na mesa do escritorio, ele deu um tapao na bunda da TAIS e mandou ela ir ate o escritorio, ajudei ela se levantar do carro , estava mole de tesao com marcas de dedos na cara e toda melada na boca , agora suja de porra e merda que ela limpou da cabeca do pau do cara, mas mesmo assim ela me olhou nos olho,s e perguntou esta gostando seu corno viu como se fode uma bunda. Os caras riam e falavam e isso ai vc esta tendo um curso de como se come um bunda gostosa, ela foi abracada comigo rindo e falando que estava muito bom que ela queria dar para eles sempre agora. Chegamos no escritorio o tarado estava louco de tesaoe empurrou ela na mesa , coitada foi com tudo e caiu sobre a mesa antes mesmo dela se arrumar o cara segurava ela pela nuca , e mandou um amigo dele segurar uma perna e o outro a outra perna, ela estava toda aberta , ai ele pegou com toda a calma uma caneta e escreveu na bunda dela , esta bunda gostosa e gulosa pertence a Oficina “Tal” e seus integrantes ,não posso falar nomes, ai ele tirou o pau de dentro da calca era um senhor pau, uma cabecona animal parecia um cogumelo , ai ele se posiconou e foi entrando com calma , a tais deu um grito e ele adorou, adoro quando grita me da mais tesao ainda e socava mais um pouco o pauzao para dentro cabecona ia empurrando o cu para dentro ate que o anel do cu não aguentou mais segurar e cedeu ai a cabecona foi engolida pela bunda, e deu para ver o resto ser engolido vagarosamente pelo cu,a Tais gritava , berrava , o cara ia empurrando sem ligar para os gritos empurrou ate encostar as bolas na bunda dela, ai ele mandou os caras fazerem ela rebolar no pau dele os caras puxavam as pernas uma hora para direta e outra para esquerda fazendo ela dar uma senhora rebolada no pauzao do cara que estava cravado no, agora entao , cuzao da Tais, ela estava parecia que em transe ficava gemendo com os olhos fechados a boca toda suja com manchas de merda nos labios e tudo mais a cara, cabelo tudo melecado de porra, ai o cara mandou os outro segurarem ela parada mas arreganhada e começou a limar o cuzao , entrava ate o talo e tirava tudo dava para ver o tamanho que estava o cu da Tais , estava arregacado mesmo todo arreganhado parecia aqueles cu de atrizes porno, e o cara ia socando agora cada vez mais rapido mas sempre tirando o pau todo para fora , era um baita de pauzao ele falava que não ia aguentar muito mais que ia gozar logo, agora so tirava e socava muito rapido e com muita forca a mesa foi sendo arrastada ate ao encontro com a parede ai sim ele ia fundo no rabo dela, socava e socava , achei que ia ser rapido mas o cara não gozava so socava , olhav apara Tais agora parecia que ela estava mesmo desmaiada, o cara não gozava ficava ali dava para ver como o cu estava laciado entrava qualquer coisa naquele cuzão. Ele berrou que ia gozar e socou com tanta forca que a Tais deu um gemido fraco abafado mas gemeu gostoso e o cara rugia e gozava com o pauzao socadasso no cuzao dela, o cara tambem quase desmaio sai cambaleando da bunda dela ai veio outro rapido e socou , nisso eu acho que ela estava desmaiada mesmo não esbocava mais nenhum movimento os cara ia se revesando e socando na bunda dela, ficaram umas 3 horas comendo a bunda dela.
        Depois disso juntei a Tais do chao o cuzao dela estava sangrando, ela toda estava suja de sangue de porra e de merda, coloquei ela no opalao, os caras vieram com uma cerveja na mao e falando cara , meu amigo que gostosa, olhe leve ela para casa deixe ela descansar e quando ela estiver pronta vc vem com ela aqui buscar o documento do carro devidadmente assinado, mas prepare ela pois nos vamos querer agora comer a xota desta puta gostosa ai. Sai o mais rapido possivel para casa com a Tais deu um banho nela e ela dormiu o final de semana todo. Quando acordou demos uma trepada e ela falava que foi bom que estava com medo mas depois foi bom e que era para voltarmos para pegar o documento. Bem ai e outro conto que outro dia eu relato para vocês como foi.


Ficha do Conto

Escritor:
rela986373

Nome do conto:
Exibi a Esposa e vi ela sendo Currada

Codigo do conto:
7914

Categoria:
Grupal e Orgias

Data do Envio:
08/05/2006

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
7915 Me Exibi para os pedreiros (Contado pela esposa) Exibicionismo 2
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA