Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





perdendo os cabaços para um pedreiro cacetudo




Olá meu nome é Cristina tenho 18 anos tenho 1,85 peso 62kg sou loira cabelos compridos olhos verdes moro no sitio com meus tios em uma cidade do interior de São Paulo o que aconteceu comigo foi quando eu tinha 14 anos apesar da pouca idade eu sempre chamei a atenção tanto pelo meu rosto quanto pelo meu corpo sempre aparentei ser mais velha o que resultava sempre era que sempre chamava a atenção de homens mais velhos
Nessa época eu já era bem safada mas virgem meus namorados sempre chupava meus peitos e eu sempre chupava o pau deles. Mas nunca eu deixei tocar na minha buceta apesar de morrer de vontade de ser possuída mas eu conseguia me controlar.
Durante a reforma da casa minha tia contratou um pedreiro que fazia a obra sempre me chamou a atenção era Roberto era um moreno alto bem forte e tinha 25 anos e eu como nunca fui boba sempre que ele ia trabalhar em casa eu colocava saia bem curtinha ou um short bem apertado e ele só faltava me comer com os olhos.
Até que um dia eu passei perto dele com uma mini blusa e um short bem apertado ai ele não agüentou e disse que eu era muito bonita eu retribui com um sorriso bem sacana então Roberto disse que eu não parecia ter apenas 14 anos pois tinha um corpo de uma mulher e que sempre ficava me admirando então nesse dia minha tia tinha saído pra ir no hospital junto com meu tio e sabia que ia demorar.então aproveitando aquela situação lasquei um beijo bem gostoso em sua boca então começamos a nos esfregar e um calor foi tomando conta de meu corpo fomos então no quarto de minha tia lá ele começou a chupar meus peitos arrancou a minha calcinha e chupou com volúpia minha buceta virgem eu só gemia e não agüentava mais de tesão e passei a mamar aquele cacete e fiquei impressionada com o tamanho e a grossura devia ter uns 23cms e era muito groso eu quase ingasguei com aquele cacete mas não parei de chupar até que ele gozou era tanta porra que não consegui engulir td um pouco vazou no canto de minha boca
Mas continuamos as nossas caricias continuei a chupar de novo e logo seu cacete estava duro que nem uma pedra então abrir minhas pernas e ele foi tirando devargazinho o cabaço de minha buceta no começo a dor foi enorme mas foi só no começo depois era só prazer gozei várias vezes com aquele cacete enorme na minha buceta mas aquilo era só o começo depois ele pediu para mim ficar de quatro que queria comer meu cuzinho na hora eu disse que não pois se na buceta já foi dolorido agora imagine a dor que seria no meu cuzinho virgem mas ele me acabou me convencendo então eu fiquei de quatro e ele passou a lamber meu cuzinho causando um enorme tesão ai ele encostou a cabeça do seu pau na entrada do meu reguino mas não conseguia entrar então Ricardo foi até na cozinha e pegou um pouco de manteiga que estava na geladeira e passou no seu pau e na entrada do meu cuzinho e dessa vez não teve jeito a cabecinha entra e eu senti uma dor enorme então eu pedi pra ele tirar mas ele enfiou o resto devagarinho a cada centímetro que seu cacete entrava a minha respiração ia diminuindo eu estava me sentindo rasgada a dor era insuportável só quem já perdeu o cabaço do cu pode saber mas depois de muitas bombadas Roberto gozou enchendo meu cu de porra quando ele tirou seu pau estava bastantes sujo de porra sangue e um pouco de merda fiquei toda dolorida tanto na buceta mas principalmente no cu mas me senti realizada.
Durante dias fiquei mancando e falei pros meus tios que tinha caído da arvore.
Depois disso tivemos outras transas até que a obra terminou e nunca mais nos vimos.


Ficha do Conto

Escritor:
rela267297

Nome do conto:
perdendo os cabaços para um pedreiro cacetudo

Codigo do conto:
8047

Categoria:
Zoofilia

Data do Envio:
27/05/2006

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
8003 meu tio tirou o cabaço do meu cu Incesto 2
8045 comendo e cagando Fetiches 1
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA