Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





No Hospital


Tive de realizar uma pequena cirurgia, tive de esperar como sempre neste pais tudo é lento, mas acabei por ser chamada, ora até aqui tudo bem.
Tinha de pasar la um noite, ou pelo menos uma noite e na vespera da cirurgia tinha de ser preparada para tal, assim logo após ter tomado um duche e ter vestido o robe de hospital fui chamado para fora do meu quarto para continuar as limpezas.

Cheguei e a enfermeira pediu-me para despir a pouca roupa que ja trazia, fiquei assustado, pois mantenho sempre os pelos púbicos como as meninas, um pequeno triangulo por cima do penis bem cavado para nao se ver os pelos quando uso cuequinhas bem justinhas e pequenas.

A enfermeira olhou viu a minha depilação e murmurou um simples, - Hum!!!, fiquei assustado mas!! em seguida ela pegou numa lamina e depilou todos os pouco pelos que ainda tinha na barriga peito axilas e pernas, pernas.... ela respondeu-me que na bloco cirurgico tudo tinha de estar limpo e o médico tinha ordenado, ok se ele mandou, depois disse que tinha de fazer um clister, ou enema, tudo bem deitei-me na marquesa e ela preparou os 2 litros de agua, pediu-me para abrir as nadegas e eu então pus-me de bruços e joelhos, e abri as nadegas com as duas mãos, ela murmurou outra vez, - Humm!!, aqueles humm não eram normais parecia que estava a condenar o que via, assim que ela olhou para o meu cuzinho, voltou atras e olhei e vi ela a trocar a ponta do clister para a mais grossa e comprida, senti ela a por lubrificante e a enfiar todo a ponta dentro de mim e começei a sentir a agua a entrar em mim, ela saiu da sala por um bocadinho e voltou quando voltou ja eu tinha recebido os 2 litros em mim. Levantei-me e aguentando a agua ela mandou-me para o quarto e disse-me que tinha uma surpresa na cama ao lado se eu achasse que a surpresa era para mim.... e piscou-me o olho, pensei que estranha enfermeira.

Cheguei ao quarto e realmente vi um pacote branco em cima da cama ao lado da minha, mas tinha de evacuar pois ainda tinha a agua dentro de mim, evacuei e limpei-me bem, quando voltei para cama pus-me a pensar naquela caixa e abri, surpresa para mim, quando abri a caixa fiquei espantado, tinha la dentro lingerie de senhora sapatos e kit de maquilhagem, e apercebi-me dos hum ela sabe... e quer estar comigo assim, humm não ha tempo a perder.

Vesti tudinho, meias de seda cinto de ligas de renda que se ajustavam a cintura fazendo-a mais justa, cuequinha fio dental sapatos de salto alto soutian, olhei-me ao espelho parecia uma putinha, claro que na altura usava o cabelo comprido por isso fiz um rabo de cavalo, maquilhei-me e olhei para o resto da caixa, estava la dentro 2 cadeados, e reparei que os sapatos tinham presilhas que so podiam ser presas com eles então prendi-os.
Estava no wc do quarto quando ouvi a porta a fechar e trancar, ela entrou na casa de banho e pude verifcar como ela estava debaixo do uniforme, nua e só com ligas a segurar as meias, tinha um piercing em cada mamilo e 1 em cada labio vaginal, fiquei exitada, ela elogiou-me e beijou-me, ajudou-me a maquilhar melhor e depois fez duas tranças com o meu cabelo fiquei uma putinha a serio, mas pensei que ia ter sexo com ela assim, mas ela supreendeu-me aopor uma coleira em mim com cadeado e depois disse-me para estar calada,fiquei assustada, em seguida prendeu as minhas mãos atras de mim e voltei para o quarto e reparei que la estavam dois homem encapussados, ela recebeu dinheiro de um deles e saiu, o outro disse mostrando uma faca que se eu gritasse nunca mais falava.
Fiquei calada e começaram a apalpar-me a enfiar os dedos onde podiam, em seguida levaram-me para a marquesa de gravidas e amarraram as pernas e braços em seguida um deles colocou na minha boca um artigo de metal para manter a boca aberta, enquanto o outro começou a comer-me o cu com violencia, doia imenso mas tb sabia bem, até que estava a gostar e ficava mais exitada até que o outro começou a colocar umas molas nos meus mamilos e a usar um chicote para as remover fiquei ainda mais exitada com a dor, ele enfiou o pau dele na minha boca, nem podia recusar pois nao coseguia fechar a boca, o outro nao parava de me dar palmadasa nas coxas e nadegas e de mandar estucadas com tanta violencia que até saltava fazendo o pau do amigo entrar na minha garganta.

Continuaram até trocarem e reparei que não estavam a usar preservativo fiquei assustada pois tenho medo de doenças, continuaram a foder-me até que um começou a vir-se na minha boca, e para eu engolir tudo apertou-me o nariz e eu engoli tudinho, o outro tb começou a vir-se e senti cada jacto de esperma dele dentro do meu cu, quando terminam, chamaram a enfermeira, ela entrou e agradeceram e foram-se embora ela desatou-me e claro a primeira coisa que fiz foi perguntar doenças.
Ela acalmou-me dizendo:
1º esta tudo filmado, se queres que ninguem saiba disto para alem de nós bico calado
2º Tu ja não eras virgem que eu bem vi, tu gostas de ser comida e gostas de passar por mulher submissa por isso não te podes queixar
3º Doenças, eles pagaram bem por ti porque tu estas limpa de doenças, fizeste analises antes de vir para aqui eles querem sexo sem preservativo e estão prontos a pagar muito para isso com 100% de certezas por isso podes estar descançada.

Sentei-me ainda vestida e olhando em frente reparei que ela tinha num pircing de um dos labios vaginais uma etiqueta de metal como os cães, pedi para ver e reparei que tinha la o nome do meu médico e o nome da enfermeira, olhei para ela, e ela disse-me, o seu médico é o meu dominador, ele manda em mim por isso não uso lingerie, e isto é uma forma de ganhar mais uns trocos.

Fiquei seria a pensar em tudo e começei a ficar exitada só de pensar nisto ela que me estava a ajudar a despir-me não resistiu e sentou-se em cima do meu pau e tivemos sexo mesmo ali, na cadeira acabei por me vir dentro dela e em seguida ela deitou-me no chão e sentou a sua cona na minha boca e ajudei-a a vir-se mas tive de engulir toddo o meu esperma que saia de dentro da sua cona até que se veio.

No dia seguinte fui operado e ela não a vi mais, mas penso que um dos enfermeiros tb fazia panelinha com ela, pois um deles enquanto me ajudava a lavar, enfiou 2 dedos dele dentro do meu cu, e eu como gostei fiquei calada.

Mas tb não foi esta a primeira vez que fui violada.

Dedico este relato ao meu senhor

criada raquel


Ficha do Conto

Escritor:
Raquelcd

Nome do conto:
No Hospital

Codigo do conto:
8175

Categoria:
Travesti

Data do Envio:
06/06/2006

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
7834 Um dia férias especial Travesti 1
8088 Resposta a um anuncio Travesti 1
8620 Cadela aluga-se Fantasias 1
8647 A ultima vez em casa do meu colega Travesti 1
8693 Em casa de um colega de escola Travesti 1
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA