Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Comi minhas duas cunhadas de uma só vez


Oi Meu nome é Carlos (fictício) tenho 27 anos 1,72 olhos castanho, 95kg gordinho cabelos escuro, pele clara, 17x5 de pau o que vou relatar aconteceu a semana passada no domingo04/06/06. Tenho duas cunhadas de tirar o folego que chamarei de Suelen a mais velha que tem 26 anos, 1,65 70kg olhos azuis, cabelo comprido castanho, uma bundinha redondinha, seios fartos lindíssima de parar o transito tem um filha de 5 anos e mora com um mané pai da menina e Claúdia a mais nova de 22 anos, morena 1,64 60 kg cabelos escuros compridos, olhos negros, um corpão violão, bunda rendondinha como da irmã, seios pequenos um tesão de mulher ela tem um namorado de uns 6 meses de namoro. Vamos aos fatos. Todo Domingo almoçamos todos reunidos na casa da minha namorada pois minha sogra faz questão e é muito bom pois colocamos o papo em dia. Sempre chego por volta de 12:00 pois o almoço saí bem tarde e ficamos todos conversando fiado. Minha namorada e eu estavamos na sala e ela é um mulherão assim como as irmãs, e minha cunhada mais velha chegou meio chateada e perguntei o que havia acontecido ela então disse que estava chateada com o marido pois ele não queria nada da vida e nunca tinham dinheiro pra nada inclusive que nem relações sexuais direito estavam tendo, fiquei sem graça pois ela nunca falou da vida íntima dos dois, ela levantou e foi para o computador que fica no quarto da minha namorada e da cunhada mais nova, logo ela me chamou pois precisaria de ajuda para fazer umas coisas complicadas para um trabalho de faculdade e como faço computação não tenho dificuldades, eu disse que ajudaria ela com maior prazer e minha sogra então chamou a todos para almoçar. Almoçamos conversamos fiado e cada um foi para seus afazeres, o marido dela foi para a casa dos pais com a filha pois os dois não estavam se entendendo e disse que só voltaria a noite, minha cunhada mais nova saiu com o namorado para fazer um trabalho de faculdade e minha sogra chamou minha namorada e eu para irmos ao shopping fazer compras e logo a Suelen deu o grito que precisaria de mim para ajudá-la no seu trabalho, minha namorada então disse que ficaría-mos mais disse a ela que poderia ir pois irira demorar e ela não tem muita paciência com computador e que não era justo ficar ali sem podermos fazer nada ela então concordou e foi com a mãe. Ficamos só a Suelen e eu em casa e eu sempre tive o maior tesão por ela. Ela estava com um shortinho vermelho que costuma usar que deixa sua bundinha ainda mais gostosa, uma blusinha de alça sem soutien tava demais e logo que todos saíram fomos para o computador e fizemos o trabalho dela em 40 minutos e depois fomos para a sala conversar, então voltei ao assunto que ela havia falado na sala e ela abriu o jogo me disse que as coisas entre ela e o marido não estava nada bem que ele era muito desligado com as coisas que não trabalha e vive as custas do pai e que nas relações sexuais deles ele só pensa em si, então tentei consolá-la e ela se acalmou e me perguntou como era entre minha namora da e eu em matéria de sexo, disse que sempre que temos oportunidades fazemos amor e que sempre nos satisfazemos muito um ao outro que ela e eu adoroamos fazer amor um com o outro pois sabemos do que o outro gosta e sempre ficamos muito felizes pois nos satisfazemos muito bem pois minha namorada é quietinha mais na cama é um vulcão, Suelen levantou do sofá em que estava mudou de canal da tv e sentou ao meu lado, virada de frente para mim com as pernas cruzadas em forma de borboleta, fiquei louco pois dava pra ver sua calcinha pelo short que havia subido um pouco, meu pau começou a dar sinal de vida e ela percebeu pois estava de bermuda dessas sarja camiseta e tenis, continuamos a canoversa e ela curvada pra frente dava pra ver seus lindos seios e sentir seu perfume delicioso pois ela estava bem perto de mim e cada intante que eu olhava aquele monumento meu pau ficava mais duro e ela não parava de olhar foi então que ela me perguntou se eu já havia tarído minha namorada e eu disse que nunca ela perguntou se eu pensava em traí-la com alguém fiquei sem jeito de responder e ela então disse vc tem né? pois não me respondeu eu olhei pra ela então e falei, só tem duas mulheres que tenho maior tesão do mundo vc e a Claúdia vcs duas são um tesão de mulher e sempre desejei vcs, ela ma olhou com uma cara de quem já sabia e disse que sempre soube apesar de eu ser discreto ela já tinha percebido como olha pra ela e pra irmã mais nova quando não tinha ninguém por perto, ela então chegou mais próximo e me tascou um beijo delicioso que sinto o gosto até agora, percorria com sua lígua toda minha boca com muita vontade e eu retribuia o beijo maravilhoso, passava as mãos em seus seios e ela gemia baixinho, derepente ela se levanta e me puxa vamos lá para casa para ficarmos mais a vontade pois ela mora na casa dos fundos, levantamos e fomos eu agarrando ela por trás beijando sua nuca esfregando meu pau naquela bunda pegando nos seios dela e ela alisando meu pau enquanto andávamos, quando chegamos na casa dela encostei ela na parede comecei a beijá-la dando mordidinhas em seu pescoço e ela gemia e alisava meu pau por cima da bermuda, tirei sua blusa e cai de boca naqueles seios que sempre desejei e chupei com tanta vontade que ela deu um suspiro forte e apertou minha cabeça contra eles como sinal para eu não parar pois ela estava adorando continuei chupando os seios e enfiei a mão em seu shortinho e senti que sua calcinha estava encharcada, enfiei a mão por dentro da calcinha e comecei a massagear o clitóris dela nesse momento ela puxou o meu rosto e disse ao pé do ouvido que sempre me achou muito gostoso apesar de ser gordinho eu sou muito bonito e que sempre que estou de bermuda ela fica olhando minhas pernas que são bem grossas e fortes e isso ela ficava imaginando como eu era sem roupa mais que agora ela iria saber e sentir tudo o que ela sempre teve curiosodade e vontade a essa altura ela me unhava as costas e me beijava como uma louca, ela abriu minha bermuda e enfiou a mão em busca do meu pau que estava como uma rocha e começou a punheta-lo dentro da bermuda e então acelerei os movimentos em seu clitóris e voltei a chupar aquelas maravilhas de seios ela apertou meu pau e deu um gemido alto e disse aí... to gozando não para que delícia esse dedinho me fazendo gozar e senti meus dedos ficarem lambuzados com seu gozo tieri a mão da sua calcinha e chupei meus dedos sentindo aquele gostinho delicioso, ela me puxou para o quarto dela me empurrou emcima da cama puxou minha bermuda e minha cueca de uma só vez eu tirei minha camiseta ela meu tenis, quando ela olhou para meu pau seus olhos brilharam e ela disse nossa cunhadinho que beleza de pau que delicia e pra completar nunca vi algo tão lindo assim pois depilo ele todinho não deixo nenhum pelo acho mais igiênico e pegou meu pau começou a punhetá-lo e continuava dizendo que pau lindi lisinho cheiroso limpinho sempre pedi para o corno do meu marido fazer isso e ele sempre brigava comigo dizendo que ele era macho, ela então pegou meu pau e colocou tudinho na boca e que boca subia e descia como ela chupava gostoso sentia ele bater na sua garganta e ela voltava chupando como nunca fui chupado estava adorando e quase gozando naquela boca que sempre quis beijar mais não queria gozar na boca dela então a puxei virei ela sobre a cama voltei a beija-la e fui descendo chupando seu seios, beijando sua barriguinha seu umbiguinho, puxei seu shortinho e junto a calcinha que estava toda melada e senti um cheiro maravilhoso de sexo foi quando vi aquela linda bucetinha depiladinha só com um filetisinho no meu do jeito que eu gosto, fiquei louco de tesão,peguei seu pés e fui beijando subindo pela suas pernas mordiscando suas coxas e ela gemendo quando chegeui naquela buceta cheirosa dei um beijo e senti seu gosto em minha boca fui a loucura comecei a chupar com vontade e ela gemendo segurando minha cabeça bem forte e pedia vai cunhadinho chupa essa buceta me faz gozar e sentir prazer pois a muito tempo não sei o que é isso eu adoro ser chupada e nem isso aquele corno faz, comecei passar a lingua em seu clitóris ela gemia mais forte ainda se contorcia toda e pedia assim vai não para vou gozar... vou gozar..., quando ela estremeceu toda e gritou estou gozando aí que delícia e senti seu gozo escorrer em minha língua eu chupava com vontade e ela Então soltou minha cabeça meu puxou pra cima dela e pediu mete esse pauzão na minha buceta mete por favor deixa eu sentir essa delícia na minha bucetinha deixa, coloquei a cabeça na portinha e comelou a gemer e pedindo mete na sua cunhadinha mete, fui colocando bem devagar pois de tanto tesão meu pau tava maior e mais grosso como nunca vi, fui colocando devagar e sentindo aquela bucetinha quente, molhada e apertada engolindo meu pau, devia ter um tempinho que o corno não dava assistência pois ela estava muito apertada, fui enterrando meu pau naquela delícia e olhava pra ela e não acreditava que estava comendo a mulher que sempre desejei, foi quando senti minhas bolas baterem na bucetinha dela e ela suspirou e pediu para meter devegar pois meu pau era maior que de seu marido e ela estava sendindo um pouco de dor pelo tempo que eles não transavam, obedeci seu pedido tirava e colocava bem devagar aos poucos fui acelerando os movimentos e ela delirava e pidia para meter rápido e forte que ela qeria gozar no meu pau e assim fiz em pouco tempo ela se contorce denovo e grita tão alto que achei que os vizinhos tinham escutado, aí cunhadinho como vc é gostoso vc me fez gozar como nunca gozei antes em toda minha vida, eu sentida o gozo dela escorrendo de sua buceta melando todo meu pau, saí de dentro dela dei-lhe um beijo de lingua deitei-me de barriga pra cima e ela logo subiu no meu pau e foi descendo engolindo todo meu pau até entrar tudo e ela começou a cavalgar com uma vontade louca e dizia que queria me dar todos os dias que queria sentir prazer comigo sempre que eu era um homem de verdade eu chupava seu seios com vontade e ela não parava de subir e descer aquela buceta no meu pau, derepente ela me pede, goza cunhadinho, goza comigo pois estou quaze gozando, enche minha buceta com sua porra deliciosa vai, mais algumas subidas e descidas avisei, aí Su vou gozar, vou gozar,e ela jogou seu corpo para trás e mais uma vez deu um grito ainda mais alto que o anterior aí eu tembém meu amor, gozamos juntos, ela se deitou sobre mim e ficamos nos beijando eu com o pau em sua buceta e ela me beijava e dizia, quero mais quero gozar muito mais, ela se levanta pega meu pau e começa chupar limpando ele todinho e deixando ele duro novamente, Ela continua chupando com maestria e quando olho na porta do quarto vejo minha cunhada mais nova nos olhando, levei um susto e a Suelen então olhou para trás viu a irmã e perguntou: O que vc está fazendo aqui vc não tinha saído com seu namorado? Tinha mais como sempre nós brigamos e ele me troxe pra casa E como ouvi uns gritos aqui no fundo vim ver o que era...Quando olhei pra ela ela estava com uma cara safada então perguntei e vc gostou do que viu? Quer participar também? Ela não respondeu mais vi que estava com tesão pois ela sempre fica de camisolinha em casa sem soutien e os biquinhos dos seios dela estava durinhos que de longe dava pra ver, levantei da cama com o pau ainda duro e fui em direção a ela, ficou estática dei-lhe um beijo na boca e ela retribuiu, puxei o corpo dela contra o meu enconstando meu pau em sua bucetinha sobre o pano mole da camisola apertei aquela bunda maravilhosa que ela tem e ela foi sedendo, a essa altura Suelen estava deitada com as pernas abertas se masturbando e nos olhando na porta de seu quarto, Cláudia já pegava no meu pau e masturbava, levantei sua camisolinha e vi sua calcinha minúscula enfiada na bunda, dei-lhe mais um beijo e comecei a chupar seus lindos peitinhos bem menor que os de Suelen, ela gemia como uma putinha, eu já passava a mão em sua buceta que já estava encharcada e ela gemia mais ainda fui baixando beijando seu corpo tirei sua calcinha e senti seu cherinho nossa tão delicioso quando da irmã, peguei uma de suas pernas coloquei em meu ombro e comecei a chupa-la sua bucetinha era toda depiladinha, eu chupava Com vontade e ela gemia mais alto agora e dizia aí que delícia de língua me chupa vai me faz gozar na sua boca vai e eu como adoro chupar uam buceta obedecia, nesse monento Suelen diz, eu também quero participar nesse momento peguei a Cláudia puxei-a pela mão, me deitei na cama e falei para ela se sentar sobre meu rosto enquanto a irmã continuava a me chupar, fui ao delírio as duas mulheres que sempre desejei ali naquele mometo sendo somente minha era demais pra mim, continuei chupando uma e sendo chupado pela outra, Claudia estava tão molhada com tanto tesão que logo avisou que estava gozando e eu como adoro chupei todo seu gozo, ela saiu do meu rosto e foi chupar meu pau disputando com a irmã uma chupava a cabecinha e a outra as bolas nossa que tesão eu olhava para aquelas duas maravilhas e não acreditava, foi quando Suelen veio me beijando me mordendo todo e eu chupado seus seios comecei a masturba-la novamente e ela pedia para não parar que ela queria gozar em minha mão e como ela estava melecada uma delícia, foi quando cláudia a cunhadinha subiu de uma vez e engoliu o meu pau todinho pois estava muito molhada e com tesão e olha que ela era muito mais apertada qua a irmã , ela cavalgava e dizia que minha namorada que tinha sorte em me ter sempre que ela quizesse pois tenho um pau maravilhoso e que buceta gostosa ela tinha eu sentia cada musculo daquela buceta se abrindo e fechando no meu pau, nunca senti tanto tesão, Suelen já gritava que estava gozando,e Claudia começou a dizer aí tambem vou gozar to com muito tesão ai to gozando e gozamos os três juntos foi uma maravilha, ela então saiu do meu pau e começou a me chupar e meu pau não amolecia, Suelen então virou pra mim e me pediu para comer seu cuzinho pois ela sempre teve vontade só que seu marido nunca quis pois dizia ser nojento, eu rapidamente disse que era o meu maior desejo comer um cuzinho pois minha namorada e eu tentamos uma vez só que ela sentiu muita dor e nunca mais tentamos ela disse que logo tentaremos de novo, então no beijamos coloquei ela de quatro comecei a chupar seu cuzinho e ela dizia loucuras de tesão Claudia estava deitada se masturbando e dizendo hoje vc vai ter que tirar a virgindade de dois cuzinhos eu não acreditava no que ouvia estava no céu, Foi então que Suelen começou a chuaar a buceta da irmã toda cheia de porra e ela indo a loucura com a situação levantei enfiei o pau na buceta da Suelen dei umas estocadas bem fundas e tirei meu pau bem lubrificado, coloquei na portinha do cuzinho dela e fui enfiando bem devagar, quando a cabeça passou ela deu um grito aí tá doendo para um pouco, fiquei parado um pouco e depois comecei a enterrar tudo naquele rabo e gemia de dor e prazer e continuava a chupar a irmã eu pegeui na sua cintura e comecei a meter com força e rápido e ela gritava vai fode meu cú , fode esse cú que é só seu de hoje em diante vc vai ter que me comer sempre que tiver jeito me arregaça, Claudia entrou no clima e disse que também teria que fude-la sempre que tivesse oportunidade pois ela estava adorando e nunca tinha sentindo tanto tesão assim, continuei com movimentos rápidos e de repente Suelen diz ai meu amor to gozando de novo como é bom fuder com vc, aí......Que delicia, foi a primeira vez que ela gozou pelo cú, tirei meu pau do seu cuzinho e ela se deitou na cama ao lado da irmão que também já havia gozado e ficou me olhando e dizendo que queri ter me conhecidao antes do corno do seu marido, peguei Claudia coloquei em posição de frango assado enfiei meu pau na sua buceta meti gostoso nela ela gemia e me pedia mete no meu cuzinho como meteu na minha irmã, tirei meu pau da buceta dela coloquei na portinha e fui empurrando sem parar ela começou dizendo que tava doende mais não estava nem aí enterrei tudo e ela gritava de dor, fui fazendo movimentos entrando e saindo e ela já começou a sentir tesão e me pedir mete gostoso vai mete forte me rasga toda pois vc vai ter que me comer sempre agora, e assim fiz metia com vontade sem dó ela gemia e gritava que nunca tinha sentido tanto tesão na sua vida e explodiu num gozo que achava qua não acabava mais, tirei meu pau do cú dela pus ela de quatro e meti de uma só vez naquela buceta, peguei no quadril dela e metia como um animal e ela gritava e gemia e logo gozou de novo, pus e Suelen de quatro ao lado dela e comecei a meter em uma e na outra alternado elas gozaram como loucas quando avisei que ia gozar elas viraram de frente pra mim e começaram a me chupar e masturbar até que gozei quase 1 litro de porra na boca das duas que beberam tudinho. Me deitei na cama abraçamos os 3 e ficamos um bom tempo nos beijando. O telefone da casa da minha namorada tocou e Claudia vestiu sua camisola rápido e foi atender enquanto Suelen e eu fomos tomar um banho e no banheiro ainda metemos mais duas vezes, e qiando Claudia voltou estavamos transando embaixo do chuveiro ela rancou a camisola e disse que agora era a vez dela, Suelen saiu e deu o lugar a irmã que veio com mais tesão ainda dei um beijo nela chupei seu seios, peguei ela nos braços ela abraçou meu pescoço entrelaçou as pernas nas minhas costas e encaixei meu pau de uma vez na sua bucetinha ela subia e descia rápido e com um tesão incrível sentia tocar seu útero de tão profunda que foi a penetração e ela gozava sem parar foi que não agunetei e gozei como um cavalo de novo, acbamos o banho nos vestimos e voltamos para a casa da minha namorada que já estava para chegar ficamos sentados na sala e elas me disseram que sempre que pudesse elas queriam transar comigo e que esse seria o nosso segredo. Juramos segredo só que elas disseram que das próximas vezes seria com uma de cada vez para aproveitarem melhor. Concordamos e nos beijamos e logo em seguida minha sogra e namorada chegaram cheias de novidades, minha namorada me chamou no quanto para me mostrar uma lingerie que havia comprado para estrearmos a noite no motel pois ela estava com muito tesão por mim e que ela queria fazer sexo anal comigo pois havia até comprado um gel para lubrificar, que ela queria transar comigo a noite todo então concordei com a proposta que na hora me deu um tesão danado comer o cuzinho da minha namorada no mesmo dia em que realizei meu sonho comer minhas duas cunhadas, tirando o cabacinho do cuzinho delas agora faria amor com a pessoa que mais amo e ainda tiraria o cabacinho do cuzinho dela também. Sou mesmo um homem de sorte. Ah!!! Minha transa com minha namorada conto em outro conto se esse for bem votado. Se tiver alguma garota quente da cidade de Ubelândia que queria se satisfazer comigo mande um e-mail: emicont@brfree.com.br   . Ah!!! e minhas cunhadinhas estão programando uma nova transa já para esse final de semana só que uma de cada vez.


Ficha do Conto

Escritor:
Pirata

Nome do conto:
Comi minhas duas cunhadas de uma só vez

Codigo do conto:
8186

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
07/06/2006

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA