Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





demorou mais comi a bucetinha da minha afilhada.


oi pessoal,é a primeira vez que relato algu sobri minha vida intima,sempre li contos eròticos
mais nunca tive coragem de contar o que mi aconteceu.
vou usar nomes fiquiticios p/ ficar mais facil.
sou moreno 1.8 de altura e n sou nenhum galan de novela das oito,tenho uma esposa muito linda (ana) de 1.7 de altura cabelos e olhos castanhos,e uma filha de 14 anos que se chama(paula),dos seus 13 anos pra cá venho olhado pra ela de forma diferente pois ela sempre da um geito de mim deixar exitado,ou constrangido com as coisas que ela faz.
serto dia estava eu sentado no sofa de casa quando ela chegou e sentou do meu lado,um pouco afastada e deitose com os pès no meu colo,logo comecei a ficar exita pois os pes dela estava tocando no meu pau,( eu estava so de calsao e sem cueca) pois n goto de usar cueca em ksa,
pois bem ela sentil que eu estava ficando de pau duro e começou e mexer os pès,mi leventei rapido e fui ate a cozinha pra desfasar, ela foi atraz de mim depois de alguns minutos, e perguntou o que teria acontescido,por que eu estava suando frio?
ela mi abraçou e mi apertou com força pedindo pra eu n ficar daquele geito pois ela estava sentindo a mesma coisa.
nisso sua mae liga e dias que vai chegar um pouco tarde, pois todo sababo sua chefi lhi pedi pra ficar ete mais tarde,pra fazer balanço,e como eu trabalho so de segunda e sexta estava em ksa com paula que apenas estuda.
pois bem, paula disse que eu n fica-se daquele geito pois ela estava sentindo a mesma coisa,ela peguo minha mao e disse_ olhe meu coraçao como esta betendo rapido,e colocou minha mao sobre seu peito fui as nuvens aquele peitinho pequeno, branquinho,n aguentei e apertei um pouco ela forçou sua mao e dise que eu poderia aperta o quanto eu quizesse que aqueles peitinhos eram meus,olhei pro olhos dela e perguntei se ela sabia o que estava fazendo/ela disse se n soubece ja teria saido de perto demim e que eu estava perdendo tempo.peguei ela com força beigei ela como nunca tinha beijado mulher nunhuma na mimha vida,beijei seu pescoço e fui descendo ate seus peitinhos, ela mi empura contra a parede e puxa meu calsao,ela se coloca de coca e começa a bater uma ponheta espetacular, n demora muito e cai de boca no meu casate que a esta altura ja estava letejando de tamanho tezao que eu estava sentindo.
coloco ela em cima da mesa e sem demoras tiro sua roupa e tenho aquela visao que mi deichou por alguns segundos imovel e sem assao, uma bucetinha linda com poucas pelugens,e bem vermelhinha,ela pedi que eu a chupe a faça gozar,foi o que eu fiz por uns 15 minutos chupo gostoso aquela bucetinha ete ele gozar em minha boca, meu pau continua ereto e coloco ela de costa pra mim e devagar vou pincelando sua bucetinha e colocando a cabecinha dentro dela ela da gemidos e pedi que eu coloque tudo, vou almentando as bombadas e coloco ate o talo, paro um pouco e fico sentindo meu pau dentro dela e ela começa a rebola e pedir para eu fuleda do geito que eu fodu a mae dela, que todo dia que eu trepava com a mae dela ela ficava se masturbando ouvindo tudo e pensando em como seria eu fudendo ele,ouvindo isso eu fico doido de tezao, fico uns 20minutos fudendo a buceta dela ate eu gozar bem la dentro.depois ela pede pra eu deixar ela limpar a porra que estava escorendono do meu cacete
e bem devagar vai passando a lingua em toda e estensao do meu pau e chupando com muito gosto.
levei ela pro banheiro e dei um banho nela,onde ela mi fez outro boqueti.
desse dia em diante ela vem mi dando a buceta sempre que sua mae faz balanço no trabalho.
agora estou tentando comer o cuzinho dela que deve ser um loucura, ja tive algumas oportunidades,mais ela mi disse que estava se-preparando.


Ficha do Conto

Escritor:
aderson

Nome do conto:
demorou mais comi a bucetinha da minha afilhada.

Codigo do conto:
8787

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
24/07/2006

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA