Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





No cuzinho é mais gostoso


Estava de férias e fui curtir uma semana na casa do meu enteado Sergio. Minha esposa Andreia não foi devido ao período de aulas então fui sozinho. Meu enteado e minha nora Ana também estavam trabalhando e ficava a parte da manhã sozinho pois minha nora é professora e retorna pouco após o meio dia.
      Aproveitava a manhã para ler bastante e tomar um sol básico na piscina para manter o bronzeado. Não levei muita bagagem, somente uma roupa para sair se necessário e minhas calcinhas e biquinis.
      Um dia, após tomar sol, por volta do meio dia, entrei e fui tomar uma ducha e depois curtir uma banheira gostosa para me refrescar para o almoço. Estava terminando a ducha quando escutei Ana chegar e entrar no banheiro.
      - Oi sogrinho, bom dia? quer companhia?
      Virei-me e ao olhar pelo box transparente,vi Ana tirando sua roupa e se preparando para entrar no box.
      - Bom dia Ana, como foi na escola? sua companhia é sempre bem vinda..rsrsrsrs.
      - Ah, foi legal, alguns alunos pentelhos mas faz parte do jogo...rsrsrs, chegue para o lado que vou entrar.....
      Ela acabou de se despir e entrou no box. De costas recebi uma encochada, um beijo no pescoço e suas mãos procuravam meu pinto ensaboado.
      - Hum...delicia sogrinho, cadê o pintinho?
      Ela apalpou minha cintura até encontrar meu pinto que já estava quase duro de tesão e começou a bater uma punheta deliciosa embaixo da ducha. Virei-me e encochei sua bucetinha toda depilada escorregando entre as suas pernas e retribuindo o beijo no pescoço apalpava seus seios em forma de duas peras fazendo seus mamilos rosados enrigecerem e prontos para uma delicada sugada. Após a primeira sugada veio um suspiro de tesão e um aperto na minha bundinha com suas mãos macias.
      A água escorria em seus seios e minha boca alternava entre os seios e seu colo delicioso que me recebia arrepiada de tesão.
      - Aiiii sogrinho que delicia de mamada, hummmmm.....sou sua......
      O tesão aumentava e meu pinto já duro com seus 10cm pedia mais e depois de mamar gostoso seus mamilos eretos, ela deslizou em meu peito chupando meus mamilos e descendo com a língua pela minha cintura alcançou meu pinto que abocanhou de uma só vez, jogando-o de uma lado para o outro na boca. Gemia de tesão e segurava sua cabeça comandando as estocadas macias que dava no meu pinto, até que ela parou a mamada e correndo até a gaveta do armário no banheiro pegou uma camisinha.
      - Ai...sogrinho, que delicia, vem me foder vem, vou vestir seu pintinho e me esbaldar brincando com ele dentro de mim......toma....
      Ela vestiu a camisinha e segurando na borda da banheira, abriu as pernas e me chamou?
      - Toma sogrinho sou toda sua.....enfia esse pintinho gostoso onde voce quiser?
      Com tesão, segurei sua cintura e encochando-a deixei meu pinto escorregar entre suas pernas até alcançar a bucetinha, que já lubrificada de tesão recebeu meu pinto de uma só vez, sem resistência, pois o pau do meu enteado é maior e mais grosso que o meu e sua bucetinha já estava alargada pelas estocadas recebidas durante anos de casada.
      - Aiiii...sogrinho que delicia de pintinho...vem soca gostoso soca...aiii..hummmm.
      Ela rebolava e gemia de tesão enquanto sentia meu pinto ir de um lado a outro daquela bucetinha deliciosa, mas a certa altura veio o pedido.
      - Uiiii...sogrinho, enfia o pauzinho no meu cuzinho vem......no cuzinho é mais gostoso...toma..sou toda sua....
      Ela abriu a bundinha e seu cuzinho rosado despontava desabrochado como uma rosa não muito apertada, mas deliciosa.... Tirei o pinto da sua bucetinha e segurando sua cintura apontei para o seu cuzinho rosado. A princípio, sua rosquinha se contraiu mas depois de enfiar um dedo e brincar um pouco, ela relachou e meu pintinho entrou macio de uma só vez.
      - Aíiiiiii...que delicia de pintinho....hummmmm....sogrinho...entrou tudinho....delicia....aiiii......vem gostoso vem....
      Com o pinto entalado no seu cuzinho começei a dar estocadas macias e as vezes tirando quase tudo e enfiando novamente, sem resistência nenhuma, escorregando até alcançar meu saco que batia nas suas coxas...
      - Puta que pariu Ana, que cuzinho delicioso voce tem..olha só..meu pintinho esta todo dentro, entrando e saindo macio...delicia...toma..meu tesão...toma.....hummmm......
      - Ai sogrinho, seu pintinho é delicioso para enfiar no cuzinho, pequeno e não muito grosso...entra gostoso....hummmm...aiiiiii...soca gostoso soca.....vai......me enche de porra...aiiiiiiiii
      Não resisti por muito tempo e gozei gostoso. Com a camisinha quase toda fora quando fui tirar o pinto da sua rosquinha, escorria meu gozo no seu cuzinho e nas suas coxas, então ela virou-se e me encochando de frente deu-me um delicioso beijo na boca.
      - Nossa, sogrinho que tesão...puta merda...esse seu pintinho é na medida para enfiar no cuzinho...rsrsrsrs...delicia......
      Ana saiu do banheiro e pensei que fosse pegar a sua roupa, mas ao voltar ela vestia a sua cinta e foi logo intimando....
      - Vem aqui sogrinho, agora é a sua vez de ser arrombado....apoia na banheira que vou comer seu cuzinho.....toma....
      Ainda excitado pela gozada não hesitei e me preparei para ser enrabado. Ana, cada vez melhor na arte de comer um cuzinho, começou enfiando a cabeça devagar e sentindo meu cuzinho lasceando foi forçando e terminando de enfiar a cinta toda, até o fim e começou a dar socadas delicadas que me fizeram gemer e rebolar gostoso...
      - Humm...sogrinho....que cuzinho...nossa que delicia....entra tudo, gostoso..toma.....vou te foder gostoso...toma....
      Ela continuou socando gostoso até que não aguentei e gozei novamante e exausto deslizei para dentro da banheira.
      Ainda com tesão, ela entrou na banheira e de pé na altura do meu peito abaixou-se para regular a água quente e sua bucetinha veio direto quase batendo no meu rosto. Olhando aquela maravilhosa bucetinha depilada, ergui-me um pouco e minha língua alcançou seua lábios carnudos e depilados. Percorrendo a borda toda da sua bucetinha com minha língua ela delirou e abaixou-se mais ainda e de joelhos dentro da banheira posicionou sua bucetinha na minha boca que agora já enfiava a língua dentro dela em estocadas rápidas.
      - Aiiiii...caralho sogrinho..que delicia, que língua é essa...minha nossa......aiii....hummmm....vem...delicia....aiii.....
      - É para voce querida, toma....
      Minha língua percorria toda sua bucetinha e seu cuzinho rosado e com estocadas deliciosas me perdia dentro da sua bucetinha. Não era preciso nem segurá-la aberta, pois arrombada, sua bucetinha dava totla entrada para minha língua que se perdia de prazer dentro dela. Aumentei o ritimo das estocadas e num grito de tesão ela gozou gostoso na minha língua que lambia tudo e melava seu cuzinho.....
      Estávamos exaustos e conseguimos ajeitar nossos corpos nús na banehira e curtir um pouco o banho, depois fomos para a ducha para mais encochadas e mamadas e por fim terminamos e fomos preparar o almoço.
      Os dois de calcinha preta fio dental, preparamos e almoçamos tranquilamente curtindo o sabor de uma foda maravilhosa que ainda surtia seus efeitos.....
      A noite, após a janta, fomos jogar baralho, eu Ana e Sergio, mas o jogo ficou bastante apimentado, mas isso é uma outra história que conto mais tarde...
      Bjs a todos
Foto Perfil sogro

Ficha do Conto

Escritor:
sogro

Nome do conto:
No cuzinho é mais gostoso

Codigo do conto:
9522

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
07/05/2010

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: gugu7l em: 23/05/2013
tem meu voto, seus contos sao muito bons, abraços,
Comentado por: Marcia Fernan em: 26/03/2013
vc é doido...

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
9470 Como começei a dar para a esposa Incesto 18
9471 Pêgo de surpresa pela nora Incesto 10
9476 Meu primo me iniciou Incesto 6
9555 Da série,No cuzinho é mais gostoso:Dando a vontade Incesto 3
9556 No cuzinho é mais gostoso:Minha cunhada e cunhado Incesto 3
9778 Eu e a diarista Incesto 3
9786 E a diarista me comeu. Incesto 3
9816 A esposa me pegou dando para a diarista. Incesto 4
9834 Meu primeiro travesti. Gays 1
9845 Saudades da nora. Incesto 3
9846 Suruba na copa Incesto 4
9857 A primeira vez com o enteado Incesto 4
9867 Como a orgia na familia aumentou Incesto 7
10078 A faxina completa Incesto 3
10079 Orgia com os primos Incesto 3
10088 Orgia no parque Incesto 2
10263 Relembrando a primeira vez com a nora. Incesto 2
10433 A armação das irmãs e da nora Incesto 2
10447 Quinze dias de prazer, parte 1 Incesto 2
10450 A neta curiosa. Incesto 3
10456 Quinze dias de prazer, parte 2 vestida de meninina Incesto 2
10458 Quinze dias de prazer parte 3 menininha do enteado Incesto 1
10466 15 dias de prazer parte 4 a sobrinha Dra e a nora Incesto 3
10470 Quinze dias de prazer, parte 5, o churrasco. Incesto 2
10560 O fraga dos netos Incesto 3
10610 Quinze dias de prazer, parte 6, o dia seguinte do Incesto 3
10669 Quinze dias de prazer, parte 7, a última semana. Incesto 3
10770 15 dias de prazer, parte 8, o maior premio. Incesto 5
10771 15 dias de prazer, parte 9, a volta ao normal. Incesto 3
10940 O canudo da nora Incesto 2
11079 No natal tem rabanada e enrabanada Incesto 3
11156 A virada sincronizada Incesto 2
11375 Check up anual Incesto 1
11767 Esperou 40 anos mas conseguiu! Gays 2
11918 O que será? Incesto 2
12381 Coelhinho da Páscoa.... Incesto 2
13712 Com a rosquinha ardendo Grupal e Orgias 1
13738 No aconchego do inverno Grupal e Orgias 1
13777 O costureiro da nora Gays 2
14348 Presentes da neta. Incesto 4
14508 A primeira vez com o enteado, confissões. Incesto 5
20799 Programando as férias Incesto 4
20851 O caminhoneiro, O início das férias Gays 12
20905 Chegando da viagem - A eleição... Incesto 5
21871 O passeio na cachoeira Coroas 4
22106 O professor gay da minha neta Gays 4
23339 O rapaz do escritório Coroas 4
35286 A neta e os amigos Incesto 2
37001 As armadilhas da neta Incesto 5
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA