O presente foi pequeno...



... Não conformado, embora satisfeito em ser presenteado pela minha despedida temporária conforme o conto anterior, enviei uma mensagem a Cleide, resumindo dizia que foi injusto apenas me chupar e não poder ter sentido o gostinho de sua buceta, o calor, a umidade dela.
Demorou um pouco a responder devido as atividades que precisa realizar quando chega em casa após trabalhar o dia todo, comentou que também ficou pensativa e queria mais, então propus de nos encontrarmos com mais tempo. Concordou e ontem a algumas quadras de onde trabalhamos a esperei e ao chegar, pediu-me desculpas pelo atraso e novamente dizendo não ter toda a disponibilidade que gostaria, mas que estava ali e que deveríamos aproveitar o tempo que tínhamos e garantindo que mais a frente as coisas iriam melhorar quanto a questão.
Para minimizar um pouco minha vontade, passei a mão em suas coxas grossas, subindo seu vestido e tocando em sua xoxota, já estava sem calcinha e bem molhada. Me desloquei para um drive-in mais perto dali e entre trocar de marcha e prestar atenção no trânsito, lubrificava meus dedos em sua xoxota. Com os pés no painel, pernas abertas, e se tocando quando eu não a tocava., colocava seus dedos também encharcados em minha boca, dizendo: “Sente meu sabor”., seu vestido havia tirado, era daquele de tecido leve e alças finas, jogou para o banco de trás. Os vidros escuros não permitiam que visualizassem de fora.
Disse que era um sonho dela fazer isto e também.... E então virou para meu lado, abrindo meu zíper e colocando em suas mãos meu pau e começando acaricia-lo e a chupar. Decidi então mudar nosso rumo, conheço um local tranquilo e sem muita movimentação de pessoas a pé e logo chegamos estacionei o carro retirei o cinto, baixei o banco e Cleide não me parava de chupar., de me tocar, estava faminta.
Baixei seu banco e ajeitei para enfim sentir o gosto daquele buceta literalmente, tocando levemente com minha língua em seu clitóris, que digamos ser bem saliente e pedia para não parar que estava maravilhoso. Continuei, ao começar a sugá-lo aí então ela enlouqueceu, gemia, tremia todinha, apertava minha cabeça junto a seu corpo, não demorou muito senti que estava gozando e aquele líquido que saiu foi totalmente absorvido por mim, assim como havia feito comigo ao me presentear. Continuei a sugar, lamber, não demorou muito mais um espasmo e aquele sabor delicioso em minha boca... O tempo passava rápido e puxei-a para meu lado e sentou-se em meu colo, não perdendo tempo, encaixou-se e fez meu pau desaparecer dentro dela.... Que calor delicioso com a mescla da molhadinho, aquele som característico...
Subia e descia, bem forte, apoiando-se em meus ombros, logo sinto novamente o seu corpo estremecer, sinto sua buceta em contrações e goza outra vez... me abraçando forte comentando com a voz tremula que realizava o sonho, o desejo de fazer amor dentro de um carro.
Meu pau continua ereto e dentro dela. Levantou um pouco seu corpo e posicionou-se para que penetrasse seu cuzinho, olhando pra mim e dizendo: “Você merece”., lubrificado como estava e duro, a cabeça passou com um pouco de dificuldade, mas logo se alojou-se dentro daquele cuzinho apertado. Cleide subia e descia lentamente, ao se acostumar com o volume aumentou seus movimentos e naquele sobe e desce e recebendo toques de meus dedos em seu clitóris, mais uma vez goza....
Continuei a movimentar seu corpo e continuei metendo forte... Senti que estava para gozar e percebeu, meus movimentos mudaram drasticamente eram mais intensos e pedia para gozar dentro.... Foi demais... Gozei muito, gozei gostoso. Ficamos ali parados, sentido nossas respirações aceleradas. Aos poucos retornamos ao planeta “Terra” e apenas disse que eu não era deste planeta, que nesta altura da vida, jamais imagina sentir tanto prazer, que aliás nunca havia sentido, nem em sua juventude.
Nos recompusemos e não sabendo onde morava, perguntei se queria que a levasse, aceitou e a deixei próximo de sua casa. Até sei onde fica agora, desceu um pouco mais distante. Nos despedimos com a promessa de mais encontros. Saiu e fiquei observando, com seu vestido e totalmente nua por baixo. Bem mais tarde me enviou uma mensagem que não conseguia dormir, novamente agradecendo por fazê-la gozar tanto, que só em pensar estava todo molhada.
Os bancos do carro ficaram com marcas de nosso gozos, já efetuei uma tentativa em limpar, estou esperando o resultado, falta secar.

Foto 1 do Conto erotico: O presente foi pequeno...

Foto 2 do Conto erotico: O presente foi pequeno...

Foto 3 do Conto erotico: O presente foi pequeno...

Foto 4 do Conto erotico: O presente foi pequeno...

Foto 5 do Conto erotico: O presente foi pequeno...


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 12/04/2019

💚💚❤❤-Super excitante este conto,Li Votei....delicioso,adorei, muito tesão,muito TOP!!! Amei💚❤💋,😘 ❤ 💚...grata por ler votar e comentar meus contos...❤😋 😜❤😏❤😈❤Quem não leu,LEIA E VOTE no meu 1º Conto 58.222- Metendo na Bucetinha Virgem💚,bjos da Laureen !!!💜💋💋💋




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


97235 - Meu Primeiro Conto - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
97718 - Entrevista de Emprego - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
100441 - Um encontro gostoso. - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
100899 - Iniciando a japonezinha - Categoria: Interrraciais - Votos: 9
101426 - A esposa do vizinho - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
101475 - A amiga do trabalho - Categoria: Interrraciais - Votos: 12
102608 - Minha vizinha agora é minha namorada - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
103757 - Uma morena no Workshop - Categoria: Interrraciais - Votos: 0
107630 - Reencontrando a Japonezinha - Categoria: Interrraciais - Votos: 1
107912 - Satisfazendo o Casal - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
108704 - O feriado perfeito - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
108781 - De menina sensual a mulher sexy - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
108943 - Sexo não tem idade... - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
115629 - Jeitinho de menina, mas uma mulher que adora sexo Anal - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
115703 - Contou o segredo para sua irmã.... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
115704 - Dona Cleide - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
116795 - Amiga do Trabalho precisou de ajuda. - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
119366 - Começo do dia que não se espera.... - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
119938 - Não vou assistir jogos do Brasil.... - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
125320 - Reencontros com amigos de escola. - Categoria: Interrraciais - Votos: 5
130536 - Véspera de Natal - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
131793 - De uma calibrada a outra calibrada... - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
136081 - Presenteado ao sair de férias - Categoria: Heterosexual - Votos: 5

Ficha do conto

Foto Perfil lobonegrocps
lobonegrocps

Nome do conto:
O presente foi pequeno...

Codigo do conto:
137204

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
12/04/2019

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
5