Meu querido sogro



Apresento-me, chamo-me Manuela, tenho 19 anos, sou estudante de psicologia e, graças ao meu sogro, tenho uma verdadeira paixão por foder. Foi ele quem me fez descobrir os prazeres da foda.


Aconteceu naturalmente, um fim de semana em que meu namorado e a minha mãe estavam ausentes . Deve ser dito que o meu sogro sempre me fez molhar, assim que eu vi pela primeira vez, eu sabia que um dia ou outro, eu ia brincar com o caralho dele. Demorou algumas semanas, mas finalmente aconteceu.

Enquanto ele estava tomando banho no andar de cima, eu estava deitada na minha cama de calcinha. Eu acariciava minha buceta enquanto pensava as gotas de água pingando em seu corpo nu, imaginando suas mãos cheias de espuma para soltar seu pênis para limpar seu pênis, fantasiando em suas nádegas firmes que eu tinha um desejo louco de sentir.

Absorvida pelo meu prazer, não ouvi a torneira fechar nem os degraus que começaram a soar nas escadas. A porta do meu quarto estava fechada, os gemidos que escapavam da minha boca não eram menos explícitos e suspeitos que foi isso que empurrou meu sogro a ouvrir a porta.

Eu não percebi imediatamente, porque minha cabeça estava enterrada na almofada para abafar os gritos.
Quando nossos olhos finalmente se cruzaram, minha primeira reação foi vergonha e eu parei minha masturbação". Ele usava uma toalha simples amarrada em volta da cintura, a boca estava entreaberta e notei que uma de suas mãos estava parcialmente enfiada em sua tanga.

Ficamos alguns momentos assim, a nos observar... Então ele entrou , fechou a porta atrás dele, tirou a toalha, revelando seu pau duro e grosso fiquei impressionada!!!!como hipnotizada ,estava sem reação ...Suas mãos poderosas acabaram desabotoando meu sutiã, que caiu no chão..depois olhar para mim por alguns segundos seus lábios se colaram aos meus mamilos


Obviamente, meu peito excitou muito, embora eu tenha seios pequenos , eles são redondos e durinhos.
Tudo o que posso dizer é que suas lambidas , o jeito que ele teve que chupar os mamilos um do outro e colocar um dos meus seios em sua boca me deixaram completamente louca e eu não pude. resistir por muito tempo.


Não aguentando mais, eu sussurrei entre dois gemidos que eu queria que ele lambesse, eu queria um cuni. Ele sem demora enfiou a língua na minha buceta raspada. Ele bricou um momento com o clitóris, tomando entre seus lábios para chupar ou acariciar.

Eu mal podia conter meu prazer, especialmente de pé, sem qualquer superfície na qual me inclinar. Eu gostaria que ele me levasse para a cama para que eu pudesse sentar em sua boca. Ele parecia ler em meus pensamentos, porque logo foi o que ele fez. Levantando-se, ele me levou para a cama. Deitei de costas, coxas abertas e remontadas. Ele lambeu. fiquei gemendo. Então ele me pediu para me colocar de quatro pernas, as nádegas bem para cima.


Ele começou a acariciar minhas nádegas, deslizou sua língua suave em minha linha, até tocar meu pequeno buraco, o que fez dar um pequeno grito. Sua língua finalmente atingiu a borda da minha vagina. Ela se atrapalhou por um momento antes de voltar para outros horizontes. Eu gemi de frustração. Eu queria gozar. Sua língua mais uma vez se juntou ao meu botão de amor e seus dedos terminaram o trabalho na minha vagina. Foi bom, tão bom! Eu fiquei gemendo e estava esperando o orgasmo iminente.

" por favor, não pare! Ah! Ah! Ah! Sim! Oh isso é tão bom! Ah! Continue! "


Foi quando meu sogro disse:

"Então, putinha? Você gosta disso, né? Você gosta disso, que eu encho sua buceta, hein? Cadela! Eu amo o gosto da sua boceta! Vamos lá, mexa-se um pouco o teu cuzinho de putinha!


Eu adorava que ele falava assim comigo, me dava a impressão de existir apenas para aquele momento de sexo puro, para ser um corpo desejável em ação.Naquele momento, eu também queria fazer bem a ele, para chupar como nenhuma outra mulher jamais fizera. Mas seus planos eram diferentes. Quando sua boca se encheu com minha fonte líquida, ele me penetrou, tão vigoroso quanto inesperado.

Como um punhal, seu pênis, muito maior que o de seu filho, espalha selvagemente as paredes de minha vagina ... Ele estava em mim, Da melhor maneira que pudia minha vagina tentava se ajustar ao seu grande pénis cheio de veias ... Meu sexo ainda estava lubrificado pelo relacionamento sexual que tive com o meu namorado antes de sua partida ..uma hora antes eu tinha gozado enquanto ele descarregava em mim ... fantasiando como de costume em meu sogro ...


"hum voçê é tão apertadinha ... quanto minha sobrinha de 16 anos ..."

Essa imagem incestuosa atravessou a minha mente ... A jovem Sara , chupando-o, sendo penetrada por ele ...

As minhas próprias fantasias incestuosas se misturaram e fundem-se com a conversa e os gestos que o homem que me penetrava acabou de me confiar ...Ele me penetrou, segurando-a firmemente pelos cabelos ... Como eu sempre imaginei ... incesto, sobrinha dele, seu próprio sogro ... um orgasmo horrível e tabu agarrou novamente meu corpo ...Eu gemia fortemente, tremendo, incapaz de controlar minhas contrações vaginais ...

-" Eu não sabia que você era uma ninfomaníaca ... Da próxima vez, eu trago minha sobrinha para você fazer um 69 com ela ..

Abalado por um orgasmo violento, empurrando um gemido masculino que deforma seu rosto com um sorriso perverso, seu esperma jorrou de seu pênis enquanto ele se espalhava em minha barriga ... misturando seu esperma com o de seu próprio filho ...Mesmo depois de ejacular, seu pênis parecia não amolecer ... segurando-o pelo cabelo, ele se aproxima de seu pênis de sua boca para forçá-lo a levá-lo entre seus lábios.

"Chupa .... ahhhh sim .... me chupa, putinha!"
 
Eu meti o que pude na minha boca , seu pênis endureceu ainda mais em minha boca...eu agi como quisesse fazê-lo gozar ... como eu quisesse que ele relaxasse entre meus lábios depois de todos esses anos, quando ele provavelmente não poderia escorregar seu pênis na boca de uma jovem mulher...eume senti realmente uma prostituta e isso me fez excitar ainda mais.

Meu ritmo estava acelerando ...

"Putazinha, eu sei que você gosta de chupar meu caralho ... mas é entre suas coxas que eu quero gozar", ele disse, saindo de minha boca enquanto uma gota de pérolas de esperma já estava final de seu pênis.


"Você sabe o que eu vou fazer com você?" Ele sussurrou em seu ouvido.

"Você sabe onde eu vou colocar o meu grande caralho?", Ele acrescenta quando ele deslizou a mão entre as pernas para agarrar seu pênis.

"Tenho certeza que ela vai se esgueirar na sua pequena abertura ..."Ele esfregava seu pênis no meu cuzinho enquanto falava comigo


"Eu sinto voçê muito excitada, putinha ... Se você soubesse o número de vezes que eu me masturbei pensando em você, toda vez que fantasiava imaginando que estava violando sua boca, seus seios ou eus buraquinhos...

Eu balançei minhas ancas   respondendo descaradamente às carícias do pênis dele na entrada do meu cuzinho ...

-Como você acha o meu caralho?

-"Ele é ... grande ... longo ...", eu sussurrei ofegando de prazer.

- "Sim, muito grande e longo para lhe dar prazer .. e você sabe o que eu quero fazer com meu pau? Eu quero meter no teu cuzinho. "

Falando comigo, ele lentamente deslizou seu grande pênis cheio de prazer entre as minhas pregas,me arrancando gemidos de prazer e dor,apesar de eu praticar sexo anal,nunca recebi um pénis tão grande, cm a cm eu senti aquele intruso fazer um caminho dentro dos meus institinos até que eu senti as suas bolas batendo nas minhas nàdegas

Lentamente, ele começou a ir e voltar ...

"Diga-me putinha, me diga o que você quer que eu faça com você ..." ele diz enquanto meu corpo explode de prazer, minha boca aberta quase gritando eu supliquei...

"Ohhh ...simmm..... mais rápido .... mais .... ainda .... ainda mais forte ....... foda-me, encha-me, bastardo! .. "v


Nunca um homem me penetrou assim ... Nunca ... exceto em minhas fantasias mais secretas e íntimas, onde eu me imaginava possuida brutalmente pelo meu sogro ... Essa fantasia inominável agora se tinha tornado realidade ... meu sogro, um homem que eu adoro estava com seu pênis enterrado em meus intestinos.


Eu não conseguia mais controlar as ondulações do meu traseiro tentando se ajustar à penetração e a masturbação de meu clitóris ... Eu levantei ainda mais coxas para aumentar a penetração , oferecendo assim uma visão de sonho a ele ...


"Eu vejo que você é uma verdadeiro puta gosta de levar no cuzinho ! Continua te movendo assim! Você pode dizer às suas amigas que você foi fodida por um cara experiente! Eu sei como fazer gozar uma mulhder pelo cu ! Você sente isso? Você nunca pode ter melhor! "


Ele falava apenas intermitentemente, ofegando a maior parte do tempo como um cachorro que é quente quando é apenas um homem no cio. Os insultos que ele me enviou no rosto, as palavras cruas que brotaram de sua garganta só me excitaram mais.

Os meus gritos de prazer só o excitou ainda mais que me obrigava a gozar ... ... os gritos de uma fêmea que copula e quem vai conhecer o orgasmo ...minha respiração estava acelerando, eu estava à beira do orgasmo, pronto para atravessar o último tabu, o mais excitante e proibido e foi levantando meus quadris para gozar d ...

"Ah ...... oooooouuuuuuiiiiiiiii .... goze .... aproveite ... Ahh ... ahhhh ..... oooooooooooouuuuuuiiiiiiiii ...me foda mais forte   ..... "
 

Empurrando umlongo grito, ele esporrou em minhas entranhas enquanto os músculos de meu esfíncter e o meu cuzinho sugavam seu membro profundamente em meus intestinos e sua barriga ... Ele permaneceu um momento em mim, certamente saboreando a visão da minha submissão, a cabeça espremida em uma almofada e nádegas para trás. Eu era a cachorrinha dele.


Eu senti o pênis dele amolecer dentro do meu cuzinho ... ele se levantou e puxando meu rosto me deu um beijo louco cheio de perversidade como selando o nosso incesto e acrescentou ...

"Vamos nos ver de novo brevemente ......"

Eu o ouvi fechar a porta do quarto atrás dele. E me encontrei nua em minha cama manchada de traços de esperma ...Eu me virei para o lado, e começei me masturbando, lembrando-se de cada segundo da minha aventura com meu sogro e imaginando o que ele imporá nos dias e semanas que se seguirão. .Eu não esperei muito para gozar novamente ...
 


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario macaul-

macaul- Comentou em 17/04/2019

Que conto excitante e delicioso... Fico com inveja do seu sogro. Votado

foto perfil usuario homemhabilidoso

homemhabilidoso Comentou em 15/04/2019

Delícia de narração, super bem detalhado e tzudo!! Fiquei de pau duro Votado

foto perfil usuario 448044la

448044la Comentou em 15/04/2019

Votado lindo conto cheio de tesão estou à espera do próximo bjs

foto perfil usuario antoniolobo

antoniolobo Comentou em 15/04/2019

Que tesao de conto, cheio de detalhes e putaria, se pudesse dar nota seria 10000!

foto perfil usuario pedrovasconcelos

pedrovasconcelos Comentou em 13/04/2019

Delicia de conto. Com essse principio vais ser uma G.P Aguardo os proxximos contos Votei

foto perfil usuario ciumens

ciumens Comentou em 13/04/2019

Adorei....

foto perfil usuario pedror

pedror Comentou em 13/04/2019

Que delícia de conto!!!! Espero pelo próximo!!! Amaria ver fotos dessa bundinha que seu sogro usou... Beijos

foto perfil usuario sigiloso11

sigiloso11 Comentou em 13/04/2019

Maravilhosa

foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 13/04/2019

❤💚😜...Oi ,Li,Votei, Parabéns,💚❤💋💋 ótimo conto,cheio de tesão!!! VOTADO.., POSSO TE PEDIR UM VOTO No meu 1º CONTO 58.222,BJOS DA LAUREEN💋💋💋 e sermos amigos(as) !espero teu sim 💜💜💜

foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 13/04/2019

❤💚😜...Oi ,Li,Votei, Parabéns,💚❤💋💋 ótimo conto,cheio de tesão!!! VOTADO.., POSSO TE PEDIR UM VOTO No meu 1º CONTO 58.222,BJOS DA LAUREEN💋💋💋 e sermos amigos(as) !espero teu sim 💜💜💜

foto perfil usuario fulano

fulano Comentou em 13/04/2019

delicia de conto ... só faltou as fotos

foto perfil usuario cota português

cota português Comentou em 13/04/2019

Adorava ser teu sogro

foto perfil usuario ijoao

ijoao Comentou em 13/04/2019

Muito bem bela putinha apertadinha numa bela foda




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


137483 - A minha sogra perversa - Categoria: Lésbicas - Votos: 7

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico joveminocente

Nome do conto:
Meu querido sogro

Codigo do conto:
137228

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
13/04/2019

Quant.de Votos:
42

Quant.de Fotos:
0