Aliviando o amigo no jardim da faculdade



Festa da faculdade

Isso aconteceu há mais ou menos 3 anos. Eu tenho 25 anos, branco, 1,72. Discreto e mantenho o sigilo. Era sexta a noite e fui pra uma festa na faculdade com uma amiga. Começamos a noite bebendo algumas catuabas. Em dado momento da festa, na roda de amigos que se formou, 2 garotos que vieram do interior do estado, mais ou menos 23 ou 25 anos se aproximaram da gente. No início, um deles estava a fim da minha amiga. Seguimos conversando todos juntos. Na esperança de conquistá-la, o Bruno comprou bebida pra gente e seguimos a noite bebendo. Seu amigo, Pedro, era hétero, tinha um jeito de modelo; corpo malhado, cabelo cortado curto, era loiro e tinha olhos claros. Vez ou outra levantava a camisa pra mostrar a barriga.

Eu já estava cansando daquilo. Estava bêbado e minha amiga também. Conversa vai conversa vem, decidimos ir pra lateral do prédio pra nos sentarmos e fumarmos 1 beck.
De repente rolou um beijo entre a minha amiga e o Bruno. Logo se levantaram e foram na direção do jardim, atrás de umas árvores. Eu fiquei ali com o Pedro. Ele então colocou a mão no pau, por cima da calça, e olhou pra mim. “Essa catuaba tá me dando tesão.” Olhei pra ele e soltei meu braço ao seu lado, encostando na sua perna. Ele pegou minha mão e colocou em cima do seu pau. Estava duro.

Eu estava tão bebado que tudo estava confuso. Não estava acreditando que o Pedro, que horas atrás se vangloriava das meninas que pegava, agora estava segurando minha mão em cima do seu pau duro. O tempo corria, mas tudo passava em c mera lenta.

O tesão foi aumentando e ali sentado mesmo, fiquei massageando o pau dele. Já não aguentávamos de tesão. Ele sugeriu que a gente fosse pra algum canto mais reservado.
Com dificuldade nos levantamos e cambaleando seguimos até o jardim.

Mal entramos atrás de uma árvore, ele já foi abrindo o ziper da calça e tirando o pau pra fora. Eu desci e cai de boca naquele pau. Pra minha sorte ele já estava todo molhadinho. Enfiava até o fim e chupava ele todo. Minhas mãos passavam em suas pernas e subiam pra barriga. Sentia cada parte do seu corpo.
Parecia que quanto mais manifestava tesão e interesse por seu corpo, mais ele se excitava.
Mesmo bêbados, notávamos vez ou outra alguém passando ao fundo, disfarçávamos, e logo já voltava a chupar seu pau.
Depois de um tempo, me levantei e fui beija-lo. Ele rejeitou e disse que só queria se aliviar.
Concordei e continuei a chupar. De repente um gosto amargo e quente chegou na minha boca. Eu chupava com mais vontade e conseguia ouvir baixinho seus gemidos e respiração afoita.
Ele terminou de gozar, olhou pra mim e sorriu.
Eu disse que queria ir ao banheiro lavar a minha boca pra tirar o gosto. Ele disse que iria pegar uma bebida pra mim. Antes de sairmos do jardim ele olhou e me pediu segredo, disse que sim. Fui ao banheiro e ele pro bar pegar uma bebida pra mim. Horas depois descobri que minha amiga tinha ido pra casa do Bruno.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario lucasarrombadordecu

lucasarrombadordecu Comentou em 15/04/2019

TOMAR PORRA É OTIMO

foto perfil usuario fulano

fulano Comentou em 14/04/2019

delicia de conto . só faltou as fotos

foto perfil usuario olavandre53

olavandre53 Comentou em 14/04/2019

Pedro babaca, ñ quis beijar. Amo bjo




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


136105 - segurança do trabalho - Categoria: Gays - Votos: 17
137225 - mamando o colega hétero da faculdade - Categoria: Gays - Votos: 33

Ficha do conto

Foto Perfil naminhaboca
naminhaboca

Nome do conto:
Aliviando o amigo no jardim da faculdade

Codigo do conto:
137257

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
13/04/2019

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
0