O retorno uma foda deliciosa




Olá depois de um grande período sem postar, (Três meses) volto com um conto delicioso, o novo encontro com o casal, “Rogério e Juliana”. (parceiro e amigos fixo).
Mandei uma mensagem para Juliana, dizendo estamos voltando, chego tal hora, voo N. 00 000, em Guarulhos, beijos, ela retornou dizendo vou esperar vocês no aeroporto Bjs. Falei para o meu marido que a Juliana iria nos esperar no aeroporto ele deu uma risadinha bem safada.
Chegamos no dia seguinte por volta das 11:30 hs. Para a nossa surpresa “Rogério” também estava esperando, e quando nos viu, veio correndo até a mim, me dando um beijo na boca dizendo estou morrendo de saudades. Juliana, fez o mesmo com o Luiz, conversamos um poucos e saímos, já de casal trocado no estacionamento Rogério torna a abraçar-me e beijar-me que delicia de beijo todo melado uma delícia, sinto o seu pau duro roçando na minha barriga Luiz (meu marido), também estava devorando a Juliana.
Entramos no carro deles (que era todo filmado), sentei na frente com o Rogério, Luiz e Juliana, sentaram a traz ela, não perdeu tempo tirou o pau do Luiz, pra fora e caiu de boca, e disse três meses que saudade que estou dessa rola, chupou, babou todo e falou amiga, vou fazer uma coisa que eu já queria ter feito, la no aeroporto, veio até a mim, deu um beijo de língua com aquela boca, toda melada, "aiiiii, que delicia safada". Rogério, nos questiona e eu só vou assistir, kkkkkk. Oh! Não meu amor, também estou morrendo de saudade da sua rola.
Juliana, voltou engolir a pau do Luiz, chupando com vontade, passava a língua em volta da cabeça, lambia as bolas depois engolia tudo que podia. Como o Rogério, estava dirigindo numa rodovia muito perigosa (Dutra), tirei o seu pau para fora e fiquei masturbando bem lentamente já sentindo o seu pau todo babado, a minha buceta estava toda melada enfiei o dedo; Mostrei a ele todo melado, quer sentir o meu gosto. Ele pega a minha mão e enfia na sua boca que saudade, uma delícia. Já estávamos na marginal resolvemos nos recompor, pois, moramos próximo.
Juliana, veio e beijou-me com aquela boca toda babada, e fez o mesmo com o seu marido, beijando e fazendo ele sentir o gosto da rola do “Luiz”, eu não via a hora de entrar em casa, Juliana, amiga tive um pequeno orgasmo, chupando o seu marido, olha molhou o banco do carro, (Quem já leu o meus contos sabem que ela goza muito). O (tesão) era tanto que assim que chegamos e entramos na garagem, nem bem o portão abaixou, se agarramos, nem tiramos as bagagens do carro já fomos nos pegando até a sala.
“Rogério” já me agarrara de forma mais brusca e me jogou no sofá, abrindo as minhas pernas, beijava-me e empurrava a rola contra a minha buceta, como se quisesse entrar, com calcinha e tudo, (calma tesão), ele kkkkkk kkkk, tirei o meu vestido e a calcinha, ele parou e ficou olhando. Deixa eu ver, mostrei a minha buceta depiladinha, lisinha, rosadinha ele foi se agachando até chegar bem perto da minha buceta, e começou a chupar-me “Que buceta linda você tem Sandra”. A sua buceta muito gostosa. Depois de praticamente um dia de viagem preciso de um banho, o seu tarado como resposta, ele enfiou a língua na minha buceta depois, agora quero você assim a sua buceta está uma delícia, esta escorrendo quero esse mel na minha boca, começou a lambe-la de baixo para cima. Lambeu-a toda demoradamente, chupando o grelo e me levando a loucura,…” Juliana” também já estava gozando na boca do “Luiz” como eu sei que a “Juliana” goza muito pedi um beijo para (o meu marido), que estava com a cara e boca toda gozada do melzinho da “Jú”, Neste momento eu não resisti tive um orgasmo muito intenso na boca do “Rogério”, enquanto o meu marido, beijava-me com aquela boca toda melada e gozada. Com aquele gosto de buceta. Deliciaaaaaa, Caralhoooo, Enfiaaaa a língua, aiiiiiiiii eu gozava feito uma louca boca do meu macho.
“Rogério” levanta e fala, quero foder a sua mulher, disse ele olhando para o meu marido, com a cara toda lambuzada. E soltou o seu peso em cima de mim a sua pica não teve dificuldade, eu estava toda melada, deslizou, entrando na minha buceta vagarosamente, até o talo, Ahhhhhhhhhhh! Que delíciaaaaaaaaaaaaaaaaa! Rogérioooo; A minha buceta começou a ter contrações involuntárias Ahhhhhhh Rogério, que saudade eu estava desse pau, ele veio e beija-me, me fazendo sentir o meu gozo na sua boca. Comecei a dizer, aiiiii, que delicia, mete na sua putinha, mete, come a minha buceta, o meu macho safado, aiiiiii cachorro filha da puta, vaiiiiiiiii atola esse cacete na minha buceta aiuuuuuiiiiiii, acabei tendo o meu segundo orgasmo. Ahhhhhhhhhhh! delíciaaaaaaaaaaaaaaaaa, o meu machooooo eu gritava vaiiiiiii fode-me fodeeee não para ele, ficou alucinado e começa a socar com muita força senti. O volume do seu pinto aumentar dentro da minha buceta, indicando um gozo imediato, o que ocorreu num frenesi alucinante, gememos, uivamos, gritamos, por um instante, achei que ia desmaiar fiquei, inerte parada com aquele homem em cima de mim me beijando e o seu pau contraindo dentro da minha buceta despejando toda a sua porra, eu tremia tive uma sequência espasmo, o meu marido ficou acariciando o meu rosto.
Luiz, (o meu marido), com aquela cara de safado Sandra, senta, na rola do Rogério, quero-te chupar, com a pau dele dentro da sua buceta.
“Rogério” continuava com o pau duro enfiado na minha buceta “Juliana”, veio-me ajudar a se levantar ela acariciava os meus peitos e mamava. A minha buceta estava ensopada era tanta porra que saia, que melou toda a barriga do Rogério, nunca gozei tanto na minha vida, Juliana, passou a mão na minha buceta e trouxe até a minha boca lambuzando todo o meu roto e beijou-me.
Sentei na rola do Rogério, aiiiiiii, que delicia, Luiz, veio-me chupar. Safado chupa a sua esposinha, safado sei que você gosta, sei que você gosta da minha buceta cheia de porra e um pau metendo. Chupa Ahhhhhhhhhhh! Que delíciaaaaaaaaaaaaaaaaa! haaaa oh! o seu safado Chupaaaaavaiiiiii, o meu corninho. Ele enfiava a língua na A minha buceta que tesão, eu estava tão melada que o pau do Rogério, escapava Luiz, pegava aquela rola toda melada chupava e tornava a colocar na minha buceta. Aiiiiii caralho não estou aguentando vou gozaaaa, outra vez, a minha buceta completamente encharcada, Aiiiiii que deliciaaa olhei para o meu marido com aquela cara de safado, toda melada de porra, não aguente e comecei Aaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiii, tesããããããoooooooo, Chupaaaaaa não paaara, Aiiiiiiiiiiiiiii, vou gozaaaaarrrrr e gozei mais uma vez como uma louca, espremendo a sua boca na minha buceta. O pinto do Rogério, escapou e entrou na boca do (Luiz), todo melado de porra que delicia, Luiz tornou colocar o pau do Rogério, na ninha buceta aiiiiicaralho, chupaaaaa, AMOR CHUPAAAA, ESSA BUCETA CHEIA DE PORRA lambeeee, corno, Aiiii, como pude ficar sem esse caralho tanto tempo? Vai Rogério, não pára que eu vou gozar, vai, amor, isso, ai, que delicia, chupa mais Luiz, vai amor, isso, lambe-me toda, AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII FILHO DA PUTA... QUE DELICIA, o meu marido, alucinado como nunca tinha visto antes, tirou a rola do Rogério, da minha buceta, estava brilhando tão melada com aquela mistura de porra com a minha gozada e começou a chupar aquele pau que tanto prazer tinha dado a sua putinha, em seguida volta e coloca aquele pau na minha buceta cheia de porra, a nossa que delíciaaaa, quem já leu os nossos contos sabem da fantasia do meu marido, ele adora chupar a minha buceta, cheia de porra de outro macho. Juliana, vendo aquela cena, foi dividir o pau do marido dela com o Luiz, ficaram trocando, Juliana, chupava a minha buceta, ele chupava o pau do Rogério, e assim ficaram trocando e se beijando.
Eu (Sandra) levanto-me, vou até o Rogério, a minha boca estava toda babada, puxou-me para perto dele beijei, obrigado meu macho gozarmos muito no seu pau, e na sua língua delicíaaaaa de macho.
"Juliana" ainda cheia de tesão me pede para, sentar na boca do…”Rogério” com a minha buceta, ensopada de porra e muito suada, atendi seu pedido e sentei na cara do seu marido, rebolava na sua cara, gemendo de tesão feito uma cadela Ahhhhhhhh, cachorro, chupa, chupa a minha buceta chupa a buceta da sua puta, chupa caralho dizia chupa. Oh! Meu macho, lambe a sua porra, chupa, lambe, Aiiiii, que delicia de língua, sente o gosto da sua própria porra na minha buceta, chupa gostosooooo, chupa gostosooooo…safado lambe a sua porra na minha buceta, caralho, vou parar não estou aguentando mais a minha buceta está muito sensivel, pedi um tempo e fui beijar aquele macho, misturamos os nossos gostos, num beijo quente! Eu beijava-a alucinada mente dizendo que… a sua… boca estava uma delícia com aquele cheiro e gosto de porra.
Deitei-me no sofá para descansar, um pouco com as pernas em cima da dele nos dois estávamos acabados.
Olhamos para o lado, Juliana estava sentada na rola do Luiz, o pinto dele estava até esbranquiçado perguntei, ao meu marido você já gozou? Rogério, respondeu não é ela a Juliana, que esta gozando no pinto (do seu marido) Juliana, se contorcia na rola Luiz.
Rogério sentou no sofá e deu um beijo de língua na sua esposa, com a boca toda melada, ela sentia o gosto da minha buceta, ela gemia feita louca, enquanto o Luiz, socava a sua rola.
EU não resisti e fui chupar a buceta e o pau do meu marido, Juliana, começou a ter espasmos de gozo meu marido, falou vou gozar dentro dela, ouvindo isso começou a gozar era tanto semem que expelia da sua buceta, que eu não resisti e fui dividir com Sandra, aquela porra misturada com o gozo da minha “Mulher” ora chupava a buceta da Juliana… ora chupava o pau do Luiz, eu trocava beijo com a Sandra sentindo aquela mistura de porra na sua boca que delicia aiiiii, que delicia, e chupava a minha mulher Sandra chupava o seu marido. (Só quem já praticou, sexo nessa magnitude de tesão vão entender como é bom beijar e chupar uma buceta toda esporrada com os nossos gozos misturados, o céu é o limite. Eu sinto-me um privilegiado por ter esse casal Sandra/Luiz, na nossa vida, puro (tesão) cumplicidade sem limites).
A minha (esposa Juliana) pediu, fode-me, vem meu meu corninho, Mistura a sua porra com a do Luiz, não resisti ao seu pedido, o meu pau ainda estava meia bomba, tinha acabado de foder a Sandra, mas entrou fácil, a sua buceta estava cheia de porra entre beijos, e socadas, eu chamava “Juliana” de gostosa, safada, puta, vadia, como é bom sentir a sua buceta cheia de porra de outro macho, Iniciei um vai e vem, aumento as estocadas, segurei firme ela pela cintura e meti fundo, Juliana, gemia, e falava isso, fode-me, mete, quero a sua porra quente dentro de mim, ela pedia porra, goza, goza… gostoso, quero a sua porra, goza gostoso. Sandra, e o Luiz, veio participar Sandra sentou na cara da Juliana, com aquela buceta cheia de porra, que delíciaaaa Luiz, veio chupar, a Juliana, e por tabela chupava o meu pau também, quase engolia a buceta dela com a boca, sentia ela encharcar a sua buceta, gemia alto, gritava de prazer. “Sandra” rebolando na boca “Ju” e me beijando ela ainda estava com boca cheia de porra que deliciaaaa. “Sandra”, tremia da última gozada que a pouco tinha tido, “Juliana” gemia, pedia-me fodeeeeeee. As minhas socadas eram fundas e frequentes quando “Juliana” anunciou o seu gozo no meu pinto. Luiz, enfia a língua com vontade chupava o seu clítoris enfiava a língua na racha dela junto com o meu pau, todo enterrado naquela buceta, Juliana, se se contorce e puxa o Luiz, pelo cabelo e grita, Vou gozar, seu gostoso que boca deliciosa, chupa-me, não para, chupa chupaaaa seu gostoso to gozando. Ela goza aos gritos, gozou de novo, desta vez ela pareceu ter desmaiado. Ficou imóvel por alguns segundos. Ela retoma o sentido, fode-me “Rogériooo” fode-me arromba-me enche a buceta de porra. Está uma delícia.
Que deliciaaaaa, de cacete mete Ró, Aaaaiiiiiiiiii, assim, gostoso uuuuuuuuiiiiiii que deliciaaaaaaaaou. Vai… Encher a minha buceta de porra, seu corno Vem, enche-me de porra vou gozar de novo na sua rola Aaaaiiiiiiiiiiiiii estou gozaaando meu corninho, rebola, minha gostosa, rebola no meu cacete, vaiiiiiiii, Goza a sua gostosa, goza sentindo o meu caralho dentro de você, Aiiiii, como o seu caralho é gostoso, Vai goza gostoso, Então goza, meu amor, goza juntinho comigo, vai. Quero sentir a sua rola explodir dentro de mim, dá-me a sua porra vai, muita porra o meu amor. Eu não estou aguentando mais vou encher-te dê porra, vem, o meu macho. Me da sua porra, fode a sua puta, meteeee, meteeeee, toma putinha, assim… aaaaiiiiiiiiiiiiiiii Goza gostozão, isso quero a sua porra me da sua porra, fode à sua puta, Aiii, vaiii, mete, goza dentro vaiii, quero sentir esse jato quente lá dentro, gozaaaa, corno. Gozei enchi a buceta, do meu amor, de porra o (tesão) foi tanto que gozei, já não tinha muita porra poi tinha acabado de gozar com a Sandra, mas ela já estava cheia de porra, escorria gostoso Luiz e Sandra, dividia, nossa porra, aquela mistura gostosa Luiz, limpando a buceta escorrendo porra e a Sandra, mamando a minha rola que sena linda de se ver aqueles (dois) todo lambuzado, Juliana, estava em êxtase, Sandra, muda de posição. Encaixa as pernas e começa a esfregar, buceta com buceta a gozar, um gozo mútuo e maravilhoso, as (duas) volta a chupar o meu pau com vontade segurando e batendo na cara das duas Juliana, cheirou, passou o meu pau no rosto, e logo o abocanhou com tesão, limpando o último restinho de porra.
Gente desculpa ficou um pouco longo, deu-me um (tesão) tão grande escrevendo esse conto que não conseguia parar relatei exatamente o acontecido. Beijos (Sandra)
Foto 1 do Conto erotico: O retorno uma foda deliciosa

Foto 2 do Conto erotico: O retorno uma foda deliciosa

Foto 3 do Conto erotico: O retorno uma foda deliciosa

Foto 4 do Conto erotico: O retorno uma foda deliciosa


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario mayara 29

mayara 29 Comentou em 18/06/2019

Delicia de conto. Votadissímo. Beijo Mayara

foto perfil usuario mayara 29

mayara 29 Comentou em 18/06/2019

Ahhhhhhhhhhh! Que delíciaaaaaaaaaaaaaaaaa! Rogérioooo; A minha buceta começou a ter contrações involuntárias Ahhhhhhh Rogério, que saudade eu estava desse pau, ele veio e beija-me, me fazendo sentir o meu gozo na sua boca. Comecei a dizer, aiiiii, que delicia, mete na sua putinha, mete, come a minha buceta, o meu macho safado, aiiiiii cachorro filha da puta, vaiiiiiiiii atola esse cacete na minha buceta aiuuuuuiiiiiii, acabei tendo o meu segundo orgasmo. Ahhhhhhhhhhh! delíciaaaaaaaaaaaaaaaaa,

foto perfil usuario flamengo21

flamengo21 Comentou em 17/04/2019

puta conto gostoso...de kct duro aqui..votado.

foto perfil usuario esposapiranha1974

esposapiranha1974 Comentou em 17/04/2019

Muito bom e excitante. Li me masturbando. Parabéns. Votado Bjks Vanessa

foto perfil usuario esposapiranha1974

esposapiranha1974 Comentou em 17/04/2019

Muito bom e excitante. Li me masturbando. Parabéns. Votado Bjks Vanessa

foto perfil usuario josheff

josheff Comentou em 15/04/2019

Votadissimo

foto perfil usuario baianosafado13

baianosafado13 Comentou em 14/04/2019

Bom demais

foto perfil usuario moubarato

moubarato Comentou em 14/04/2019

privilégio, cumplicidade e tesão... muito bom, parabéns pra todo mundo aí... vida imensa de alegrias e paz.. abraços pros amigos... e beijos doutro planeta nas duas delícias inteirinhas...mou < : )




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


126730 - Nosso primeira vez com o mundo liberal - Categoria: Traição/Corno - Votos: 65
127161 - A troca tão esperada pelo meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 73
127264 - A sequência da nossa troca de casais - Categoria: Traição/Corno - Votos: 50
127366 - Final da Nossa Troca de Casal - Categoria: Traição/Corno - Votos: 47
128345 - Na praia sem os maridos - Categoria: Traição/Corno - Votos: 49
128420 - Na praia sem marido (continuação) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 37
128471 - Na praia sem os marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 32
128538 - Na praia sem os maridos (ultima pate) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 34
128616 - Uma foda maravilhosa com o Rogério - Categoria: Traição/Corno - Votos: 30
130208 - A tremenda foda da Juliana e o Luiz (meu marido) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 29
130359 - Florianópolis Novinha Espetacular (Praia da Galheta) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 22
130429 - Florianópolis (continuação, sentando no pau do Luiz) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
130505 - A chegada na pousada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 22

Ficha do conto

Foto Perfil luizsandra
luizsandra

Nome do conto:
O retorno uma foda deliciosa

Codigo do conto:
137276

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
14/04/2019

Quant.de Votos:
37

Quant.de Fotos:
4