Leke e o coroa safado.



Ola pessoal, esse é meu segundo conto, para que não me conhece sou o lekern, do conto primeira vez com o primo tinho. Relembrando, tenho 22 anos, branco, olhos claros, 169tl, 59 kl, versátil.Vou relatar um fato que ocorre no ano de 2011.
Estava voltando saindo do trabalho em direção à parada de ônibus, do local que trabalho até a parada é um pouco distante, durante o meu trajeto vejo uma 4x4 passando bem devagar, começo a encarar o motorista e ele acaba passando sem parar, me viro e fico olhando para trás e provavelmente ele estava me olhando pelo retrovisor e acaba fazendo o retorno e vindo em minha direção, meu coração começa a acelera apesar de ser umas 12h30min a rua que eu estava passando estava totalmente vazia, pois estava prestando serviço a um político da minha cidade e por se trata de uma pessoa importante em natal estava em um bairro nobre da cidade, entanto como nunca havia feito essa loucura estava com medo de um cara violento ou até mesmo feio né? rsrrs..Ele acaba me chamando, nossa quando ele baixou o vidro me com um coroa mais de 45 anos, porém o coroa era enxuto, com um corpo malhado, moreno sem fala no seu charme(adoro homens mais velhos, mais ou menos 180alt, trocando uns papo, ele perguntou meu nome, idade e eu da mesma forma, aqueles papos que rola no inicio Acabamos trocando telefones mais Jamais pensei que ele fosse me ligar).
Belo dia recebo uma ligação a noite de quanta feira, era meu coroa, dizendo que queria marca algo, queria me ver, acabei marcando para a sexta a noite após o trabalho ( não estranhe nessa época eu trabalhão pela manhã e pela tarde em um shopping da cidade de natal).
Chegado à sexta feira, vou a trabalho todo produzido, torcendo para que chegasse logo a agora de me encontrar com ele, pois com disse no conto anterior não dói assumido então, tudo que rola comigo é com pessoas estranhas e não de repetir foda por mais que ele seja boa.Até que finalmente chego a hora de nos encontrarmos, marco enfrente a uma loja do shopping e ao chegar saímos em direção ao estacionamento.Chegando ao caro ele coloca uma musica romântica, me dar uma abraços e um selinho e saímos do shopping, até então pensei que iríamos direto para o motel, afinal era isso que realmente queríamos, no entanto, seguimos de carro para praia de ponta negra ( praia de natal, que tem um grande concentração de turistas), começamos a coveras e em seguida a nos pegar, beijos, amasso, pegada no cacete, que por sinal paria ser grande, estava levado pela adrenalina e pelo desejo, não demorou muito e fomes para o motel, ele sempre carinhoso, me fazendo me sentir especial.
Ao chegar ao motel, nos beijos, fomos tirando a roupa pouco a pouco, sem pressa, queria que aquele momento não acabasse, fomos ao banheiro, tomamos um banho (afinal, tinha passado o dia trabalhando), nossa o pau do cara mole era enorme, me deu logo medo, não tenho costume em dar meu rabo, na maioria das vezes que saí com homem eu sempre sou o ativo, mais nesse dia queria ser a puta desse coroa safado, ele saio do Box, ficou deitado na cama enrolado na toalha e me vendo tomar banho, me enxugo e vou à direção do meu coroa safado, voltamos a nos beijos (o beijo dele não era muito bom, é daqueles que deixa toda a boca molhada e parecia que estava com certo desespero em beijar) mais enfim, já estava ali na iria fugir, comecei a beijar todo o seu corpo, sentindo seu cheiro, até chegar ao que eu realmente queria o cacete do meu coroa, com uns 22 cm, grossa, bem cabeçuda, passei a cheira todo a cacete, passando a língua, provocando ele de todas as maneiras sem colocar o cacete na boca, fui em direção aos seus ovos, comecei acariciando, beijando e passei a chupa-lo enquanto estava batendo uma punheta para meu coroa, ele gemia, me pedia para chupa-lo, se contorcia todo, até que passei a chupar aquele delicioso cacete, chupando a cabeça enquanto isso ele estava alisando minha bunda( que por sinal dizem ser bonita, branquinha, com poucos pelos, empinada), até que sinto um dedo tentando evadir meu rabo, começa a chupar o cacete e a rebola no dedo do meu coroa me deliciando e pedindo aquele cacete no meu rabo, ele deitou na cama e me colocou por cima dele, enquanto eu chupava o cacete do ele estava chupando meu cu, nossa que delicia, senti aquela língua invadindo meu rabo, chupando meu cú e meu cacete e um ritmo frenético, ele acabando colocando um dedo no meu rabado, me fazendo gemer e pedir por vara no rabo, já estava louco, queria ser fudido, queria cacete aquele cacete no meu rabo, quero a gala em mim.
Depois das preliminares, ele acaba me colando de quatro e passar a alisar meu cu com a cabeça do seu cacete, me deixando louco, fazendo meu cu pisca e pedir por rola.Ele começa a força o pau no meu cu, como não dou meu rabo frequentemente foi difícil e dolorido, jamais pensei que pudesse levar uma vara de 22cm no rabo, mais meu coroa sempre me beijando,me acariciando e deixando mais a vontade para recebe aquele pau, após muita insistência acabou entrando a cabeça, nossa, doeu muito, pedi para que ele parasse, mais ele sempre dizia para eu ter calma, deixar meu cu acostumar com o tamanho do cacete, até que fui me envolvendo e ficando mais a vontade (confesso que no inicio foi difícil, mais com o passar daquele vai vem acabei por me entrega a situação) já estava alucinado de prazer, já pedi por vara, pedia para ser fudido, meu coroa começou um vai e vem mais rápido, me fazendo sentir algumas dores e prazer ao mesmo tempo, ficou me fudendo de 4, de frango assado, em pé até que por fim de papai e mamãe, nossa estava tudo ótimo, queria ser fudido a noite toda, não aguento e começo a me punheta ( meu cacete não é muito grande, tem 19cm, grossura mediana e com a cabeça bem grande e rosada), meu pau já estava latejando de prazer, doido para gozar, enquanto estava sendo fudido acabei gozando, jorrei muita porra na cama,meu coroa de imediato tirou o cacete do meu rabo e começou a bater uma punha próximo a minha boca, estava pedindo porra, queria será a gala quente em minha boca.Meu coroa logo me obedeceu, gozou na minha cara, me encheu de leite da forma que gosto, gemendo feito um bicho,no final no beijos, tomamos uma banho e saímos para ele e deixar na parada.
Nos despedimos no carro, e peguei o ônibus para casa, trocamos telefones mais não marca nada.esse foi mais uma das minhas aventuras espero que gostem.
Obs.:Como disse no conto anterior, não sou nem gosto de repetir foda por mais que ela seja boa, então, se nos encontramos um dia aproveite, pois será a 1 e a última vez.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario doidao_rj

doidao_rj Comentou em 11/01/2013

MANERO O CONTO. LELVOU PIKA NO TZ

foto perfil usuario aventura.ctba

aventura.ctba Comentou em 11/01/2013

Muito bom seu conto, adorei, fiquei super excitada. Teve meu voto. Continue nos contando suas aventuras, você escreve muito bem. Leia meus contos, comente e vote se gostar irei adorar. Ângela: Casal aventura.ctba




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


24222 - PRIMEIRO FEZ COM O PRIMO TINHO - Categoria: Gays - Votos: 5
25867 - 2 vez com o primo tinho. - Categoria: Gays - Votos: 5
28346 - Comendo o galego no shopping - Categoria: Gays - Votos: 6
40254 - ENGANADO NA RODOVIARIA PELO GP. - Categoria: Gays - Votos: 3
44936 - Dando pela 1ª vez ao primo tinho - Categoria: Gays - Votos: 8
45108 - Comendo o amigo de mamãe... - Categoria: Gays - Votos: 11

Ficha do conto

Foto Perfil lekern
lekern

Nome do conto:
Leke e o coroa safado.

Codigo do conto:
24390

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
10/01/2013

Quant.de Votos:
10

Quant.de Fotos:
0