NOIVA ESTIMULA COMER AMIGA CASADA.



Lí uma história aqui da esposa q recebia elogios do amigo do marido, e num churrasco a 4, o marido ficou bêbado e dormiu, assim como a esposa fria do amigo fez o mesmo, e ela recebeu elogios e cantadas do amigo, mas ela não quis levar adiante. Certamente, minha querida, seu amigo quer q vc transe c/ o amigo dele, e vou contar um fato bastante semelhante.

Minha noiva Val levava sua tia a uma fisioterapia após a cirurgia dela, e em 1 dia conheceu lá um casal jovem, o engenheiro Roberto e sua esposa mineira e evangélica Lurdes, e me contou sobre eles, e continuou a contar nas outras vezes, que eram bonitos, simpáticos, Roberto estava em uma cadeira de rodas após uma cirurgia decorrente de levar uma bolada na cabeça, voltar a jogar e depois de 5 minutos caiu inconsciente e foi levado pelos amigos descuidados ao hospital, onde teve de ser operado as pressas...resultado: estava numa cadeira de rodas com o lado direito paralizado e nem podia falar direito.
Até aí tudo normal, mas ela insistia q eu os conhecesse e acabei indo com a Val na casa deles.
Lurdes era uma morena típica mineira das bonitas, gostosa naquela mini-saia, e seu decote generoso em blusa justa, me fazia ver que tinha seios firmes e deliciosos, bunda proporcional, coxas roliças e fazia questão q eu notasse todos os seus atributos, eles tinham 2 filhinhas lindas entre 5 e 2 anos, e apesar dos 2 serem morenos e de cabelos lisos, uma filha era 1 loirinha de olhos verdes e a outra uma ruiva de olhos azuis. Achei q era 1 curiosidade da natureza, mas a Lurdes nem me deixava pensar de tanta atenção que me dava, me deixando de pau duro diversas vezes e a minha ciumenta Val, nem ligava, dava atenção as meninas e ao Roberto. Depois de insistirem em jantar c/ eles, as 2 ficaram lavando a louça e cochichando enquanto tentava entender o q Roberto falava com dificuldade. Depois de batermos 1 papo Lurdes estava bem mais atirada c/ seus olhares e a ciumenta Val via e deixava...; pensei: "aí tem coisa, vou comer essa mineira se a encontrar sozinho".
Saímos e durante o caminho de volta, Val queria saber q achei deles, principalmente dela, se eu faria meteria nela se ela fosse parecida c/ a Lurdes(Val era muito bonita, todo homem ficava louco pela beleza dela e seu corpo perfeito),
Então respondi:
-Prefiro você!
-Eu sei disso! Mas vc comeria a Lurdes?
-Ela é casada, e o marido está quase c/ paralisia total!
-Ele é lindo mesmo assim! Eu transaria c/ um homem como ele!
-Mesmo estando paralisado? Tem coragem?
-Sabe q eu quis dizer, se ele estivesse normal e nós 2 desimpedidos, transaria c/ ele, e vc com ela?
Ciumenta como ela era apesar de ser bem mais nova q eu, eu sabia q estava oferecendo a nova amiga, isso estava mais sério q pensei , então respondi:
-Eu e ela solteiros..., comeria ela sim! Afinal tem um rosto e corpo bonito, não igual ao seu, mas dá p/ foder ela sim!
-Seu sem vergonha(brincando), está de olho na minha amiga! Pensa q não vi ela se oferecendo p/ vc?
- E vc, q sempre é possessiva deixou, né? interessante....., se vcs estão pensando em aprontar alguma, olha q eu topo!
Ela riu, chegamos a casa dos pais evangélicos dela, q já dormiam, fomos pro quarto dela e transamos a noite toda, c/ ela fantasiando q era a Lurdes e eu o Roberto. Acordamos quase as 11:00h de domingo. Os pais não estavam, mas uns irmãos e irmãs estavam e a Raquel, sua irmã mais nova e linda vidrada em mim me olhava c/ cara de sacanagem, afinal ela dormia no quarto ao lado e ouviu tudo(acabei comendo a Raquel um tempo depois, mas isso é outra história q a Val provocou).
Passaram dias e a Val convidou a Lurdes, marido e filhas p/ irem a minha casa em Campos do Jordão, deu o endereço, mapa e chegamos lá ao mesmo tempo. A caseira ajudou a arrumar os quartos e dormimos a 1ª noite um pouco fatigados, mas como passaríamos vários dias, Val nem quis sexo, só dormir! Como depois do jantar tomamos vinho na lareira, e eu tomei bastante pois era de baixo teor alcoolico, e ainda não tinha a suite, tive de ir ao banheiro urinar, Fechei a porta e qdo lavava as mãos alguém mexeu na fechadura, achei q era a Val, mas era a Lurdes, que mesmo c/ frio, por baixo de um roupão estava de mini pijama transparente, sem calcinha e soutien, fingiu ficar sem graça, mas gostou de ver meu pau duro por baixo de meu moleton de dormir, e sem querer esbarrou em meu pau e disse:
-Nossa, como está duro! A Val ñ quiz transar e eu sem sentir um a quase um ano! Que pecado! Eu faria de tudo p/ ter 1 homem como vc dentro de mim!
Falou isso e veio me beijando..., não dava p/ esperar! Fechei a porta do banheiro, apaguei a luz forte e liguei o aquecedor enquanto nos beijávamos, ela tirava minha rola p/ fora, eu baixava seu shortinho chupou meu pau, e logo estávamos os 2 nus, e eu penetrando aquela boceta apertadinha, nem liguei se estava sem camisinha, afinal se ela engravidasse era culpa dela e da Val q me armaram isso.
Acho que ficamos quase 1 hora metendo em várias posições, ela abafando seus gemidos e me sussurrando nos ouvidos sacanagens e q estava me amando. Saímos, 1º eu depois ela e voltamos aos nossos quartos´. Acordamos tarde naquele novo domingo e as 2 foram cochichar nos fundos da casa onde havia um jardim grande.
A caseira só voltaria na 2ª e elas arrumaram a desculpa, depois do almoço, de comprar lenha p/ a lareira(tinha aquecedor elétrico se precisasse), pão, frios, etc, etc, etc , e caberia a mim ir junto c/ a Lurdes dirigindo o carro dela, enquanto a Val ficaria "cuidando das filhas"(Tinha a babá e as filhas do vizinho...) Bom..lá fomos os 2!
No caminho a estradinha estava deserta, Lurdes pegou em meu pau, e o chupou, enquanto acariciava seus seios, me beijou, então falei p/ irmos a um hotel q eu conhecia os donos. Chegamos lá e pela 1ª vez eu pude sentir na boca o gosto delicioso da boceta da Lurdes, de seus seios, e de toda ela; como já imaginava q a Val sabia, trepamos e gozamos muito, a Lurdes estava num atraso e super dedicada, aí ela se soltou, gemeu, pedia mais, me pedia p/ bater na bunda dela, chamar de puta, e ficamos lá quase até anoitecer, pois o dono do hotel mandou comprar tudo da lista q eu lhe entreguei e pedi, agora era só voltar.
Chegamos e nem a Val, nem o Roberto estranharam nossa demora, só as filhas falaram:-"mamãe, a senhora demorou muito"!
Jantamos, tomamos vinho e na hora de deitar, lá fui eu c/ a Val p/ 1 quarto e minha nova amante Lurdes c/ o marido p/ o outro.
Val me perguntou todos os detalhes da minha transa c/ a Lurdes, contei até que lhe perguntei ríspido:
-Engraçado! Só me pergunta da Lurdes comigo, e vc c/ o Roberto? Afinal era o que vc mais queria?
-Mas quem disse q transamos? imagina!
-Imagino sim! Esqueceu q combinou tudo c/ a Lurdes?
-Ah! Ela contou..., ñ era p/ falar, nem sabia se daria certo....
Nessa hora percebi q ela se divertiu c/ ele, caiu em minhas suspeitas, e eu só queria saber os pormenores e ela contou:
-Quando sairam e vi as meninas brincando na vizinha, tranquei as portas e fui dar um banho nele, ficamos nus, nos enxugamos, fomos p/ o quarto acendi o aquecedor e comecei a beijá-lo e ele correspondeu, peguei no pau dele e o chupei, e como esperava ela teve uma pequena ereção, e eu o coloquei dentro de mim, entrou meio mole meio duro, mas ele sentiu prazer, então tirava de mim e o chupava e ele quis me chupar minha boceta, ficamos num 69 e me deu tesão e isso deu mais a ele, q entrou em mim e gozou dentro. O q a Lurdes não conseguia , eu consegui, mas ele gozou em minha boca, e depois na xoxota de novo, ele adorou! E ficamos de fazer isso mais vezes, mas ele nãotopa os 4 juntos, ficaria com vergonha....
-Então vc vai ser amante dele?
-Claro! Vc já é amante dela! Mas lembra que quem eu amo é vc!
Naqueles dias a coisa continuou e chegamos a dormir em quartos c/ troca de parceiros. Voltamos de Campos e eu fui descobrindo coisas. A Val estava escondendo coisas de mim e até mentindo, sobre o relacionamento c/ o casal Lurdes e Roberto e sobre outras coisas. A irmã dela Raquel sabia de tudo e muito mais, e me abriu os olhos: Ela saiu c/ 1 cara q eu conheci, outro q ela falara e a Lurdes estava marcando um encontro dela c/ um amigo do marido, só p/ me ter só p/ ela....E isso se confirmou!
Um dia liga Lurdes, p/ se reconciliar comigo, iríamos nos encontrar num shopping e depois iriamos a um motel, e que eu não contasse p/ a Val, pois ela já não estava me contando muitas coisas , que contou p/ ela. Deu vontade de xingar a maldita crente, mas fingi e entrei no jogo dela. Nos encontramos, transamos, e repetimos outros dias, ela achou q me tinha nas mãos e contou tudo q a Val me escondia(o mesmo q a irmã me contou atualizado), e ganhei a confiança daquela adúltera, q agora me via como minha amante exclusiva, e levei umas semanas nisso, só q no dia q a Val foi sozinha na casa deles p/ conhecer o cara e sair(a irmã me contou), eu cheguei junto c/ o cara, e ninguém sabia o que dizer, então me apresentei p/ meu concorrente inocente:
-Eu sou o Luiz, o noivo da Val, q queriam q vc a conhecesse!
O cara(Leandro) olhou sério p/ mim e perguntou se era verdade, confirmei, ele olhou feio p/ a Lurdes, Val e Roberto e disse:
-Vocês tentaram me usar? Queriam q eu conhecesse e saisse c/ uma moça séria , responsável, ideal p/ casar e ela é noiva? Isso não se faz! Adeus!
Todos tentaram se justificar p/ ele e p/ mim e tentaram acompanhá-lo p/ fora; eu fiz cara bem invocada e sinal p/ não sairem. Conversei c/ o cara q queria se desculpar pelo q não teve culpa. Ele pensou q ia brigar c/ ele, até perceber q só queria conversar, pois éramos vítimas da mesma trama! Resolvemos conversar e fomos ao Shopping, lá eu contei toda a verdade, toda mesmo. E disse q o meu noivado tinha acabado naquele momento, e se ele quisesse sair com a Val, estava liberado p/ isso! Ele respondeu q nem pintada de ouro....
Meu celular e o dele não paravam de tocar, eram as 2, nos 2 telefones, desligamos os celulares. Elas nunca imaginavam q eu e ele estávamos conversando e nos conhecendo verdadeiramente. Raquel estava na cidade, em minha casa, com uma amiga, telefonei p/ virem nos encontrar, ela estava sem carro, eu disse q pagava o taxi.
Quando as 2 entraram ele , mesmo sabendo q tive um relacionamento c/ a Raquel, se encantou com ela, aqueles cabelos loiros ligeiramente ondulados, seus brilhantes olhos azuis, e seu sorriso e simpatia o encantaram...percebi q ela seria feliz c/ ele..., mas eu perderia uma namorada-amante...; a amiga dela se chamava Adriana, era morena, coxas deliciosas, cabelos longos até a cintura, quieta, mas gostou de mim..., ficamos conversando e sai c/ a Adriana para levar a minha casa, onde estava hospedada, e deixei a Raquel c/ o Leandro, lembrando que eu era o responsável por ela e q não demorassem.
Cheguei em casa e a Val estava na porta, ela viu q eu estava acompanhado, mas não reconheceu a Adriana, amiga da Raquel e evangélica da igreja dela. Falei p/ ela ir embora e só vir buscar suas roupas e coisas dalí a 2 dias, pois eu não estaria, e outra pessoa a receberia. Ela pegou o carro e foi embora chorando, ao q Adriana resposndeu:
-Puta fingida e melodramática, a Raquel tinha mais coisas p/ te contar, mas vou eu falar agora!
E contou sobre outros aprontos da Val, e conversa vai, conversa vem já estávamos nos beijando, nos acariciando e por fim fazendo sexo, e num intervalo escutamos um carro parar e espiamos pela janela escura, era o Leandro trazendo a Raquel, e se despediram com carinhos e beijos no rosto, eu percebi que ali se iniciava um relacionamento ainda não oficial. Raquel entrou, nos viu nus e não esquentou, afinal íamos fazer um menage a trois naquele dia que acabou acontecendo e no dia seguinte também.
Foi aí q Raquel disse q queria namorar c/ o Leandro, ele a pediu em namoro, desde q eu consentisse(ele sabia de meu caso c/ ela), eu consenti!
No dia que a Val veio buscar suas coisas encontrou a Adriana, que a acompanhou até ir embora! Raquel fez de conta q não estava lá!
Encurtando a história: Raquel passou a namorar firme com o Leandro, e fez questão de apresentá-la a família e a mim, seu padrinho(combinamos isso), nesse dia conheci uma das irmãs de Leandro, a Fernanda, morena clara, linda, saida recentemente de um relacionamento desastroso, não confiava mais em homens, mas sempre desejou um relacionamento com homem mais velho e sincero, ficamos amigos, e só depois de sentirmos tanta compatibilidade e pontos em comum começamos a namorar, e depois de meses, ao contrário da Raquel e do Leandro que se casaram, ela preferiu morar comigo e só casar qdo tivesse certeza, o que não demorou a acontecer.
Meu concorrente com a Val, o Leandro, agora era meu cunhado e cunhado da Val. E nunca disse não, se a Raquel desejasse transar comigo.
Passaram uns poucos anos e recebo um telefonema da Val, muito receosa de ser maltratada por mim, mas se surpreendeu do modo q a tratei, a ponto de querer transar comigo, e eu lhe disse:
-Val! Passado, o nome já está dizendo, é passado, já passou!
Então ela contou q vendeu seu carro p/ a Lurdes q não terminou de pagar e não transferiu, deixando multas p/ ela. Que um amigo do Roberto arrumou um emprego p/ ela, q acabou se envolvendo c/ o chefe casado que a engravidou e a outra colega de trabalho, sua filha tinha 2 anos e o pai ñ queria conhecer a filha, e o cara que a Lurdes queria q ela saisse se casou c/ a irmã Raquel e q só podia ser a Lurdes q aprontou essa! Não falei nada...
Ela perguntou de mim e falei q me casei c/ a irmã de um amigo, e tínhamos um filho de 2 anos também!
Val, pediu desculpas, disse q se arrependimento matasse, ela já teria morrido desde que desmanchamos.
Nunca mais soube dessa infame mentirosa e traidora, que se disse arrependida....; por que não se arrependeu enquanto a amava e disse p/ se afastar da Lurdes e outras amigas.
Quanto a nós, eu e Fernanda, estamos cada vez mais unidos, apaixonados, sinceros, cúmplices, amigos, confidentes e amantes.
Ah! Eu e Fernanda somos liberais e ela e a Raquel são inseparáveis, até no sexo comigo ou com o Leandro, entre outras(os)...


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario mcnn

mcnn Comentou em 25/06/2014

Muito bom valeu

foto perfil usuario uhållæckzäcknnù

uhållæckzäcknnù Comentou em 21/06/2014

Pelo que li, a sua Raquel também gosta de homens mais velhos. Sou casado com uma gatinha bem mais nova e somos liberais...qto a história..., já aconteceu com um irmão algo bem parecido. Ele ficou c/ a irmã mais nova e eu com a do meio! Votado

foto perfil usuario sergio e flavia

sergio e flavia Comentou em 20/06/2014

Vcs formam um quatrilho ideal! Tem meu voto

foto perfil usuario renatsolannikit

renatsolannikit Comentou em 18/06/2014

Safada sua ex! Te deixava comer a amiga, mas ela dava p/ um monte escondida...votei!

foto perfil usuario qantoinnetteaaa

qantoinnetteaaa Comentou em 17/06/2014

Quelle est la première prescrit que n'a pas été effectuée. Ce qui a été accompli ne reviendra pas! Bien! Voto feito!

foto perfil usuario corno da val

corno da val Comentou em 16/06/2014

Amico"Luis"!Sua ex Val,ñ é muito diferente da minha ex Val;só q no meu caso por um interesse de união das Famílias "esigenze delle Famiglie", tive de casar mesmo sabendo de meus auxiliares o q ela fazia. Mas fiz questão no dia seguinte mostrar ao suo padre e la sua Famiglia, ella non era vergine, era una puttana! Mantive por 1 tempo em respeito ao meu Padrinho e pai dela.Seria vergonhoso a ele!ABÇ

foto perfil usuario ausschließlichh

ausschließlichh Comentou em 15/06/2014

UAU!Muito bom...votado!bjs

foto perfil usuario nego10cmcarioca

nego10cmcarioca Comentou em 15/06/2014

Gostei! Uma doce vingança contra a piranha Val, e sua amiga adultera Lurdes.Votado

foto perfil usuario meistercadillac

meistercadillac Comentou em 15/06/2014

Votado! E no final, pelo q eu entendi, você admite veladamente, que há INCESTO entre a sua esposa Fernanda e seu irmão Leandro...; estou certo? Manda ver, cara de sorte!

foto perfil usuario kzaldariawilson

kzaldariawilson Comentou em 15/06/2014

ADOREI E VOTEI! Essa Val e a amiga Lurdes não passam de 2 vadias; vc teve sorte de escapar delas e justo conhece seu amor pelo seu suposto rival, a irmã dele, e ele fica c/ a irmã da Val, Raquel q era c/ quem vc devia ter ficado desde o início. Não deu ciú,e de seu cunhado casar c/ sua ex(namorada, amante)? sejam felizes! beijos

foto perfil usuario felino df

felino df Comentou em 15/06/2014

Uauuhhhh,cara,essa foi do baralho...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


48949 - NOIVA ESTIMULA COMER AMIGA CASADA. COMPLEMENTAÇÃO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 313

Ficha do conto

Foto Perfil minhaprostkdela
minhaprostkadeladokorno

Nome do conto:
NOIVA ESTIMULA COMER AMIGA CASADA.

Codigo do conto:
48525

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
13/06/2014

Quant.de Votos:
337

Quant.de Fotos:
0